Home Top Ad

TV Brasil estreia série Retratos da Dança, produção da Rede Minas, neste domingo

Share:

Divulgação TV Brasil

Produzida pela Rede Minas, a série Retratos da Dança ganha as telas de todo o país a partir deste domingo (27), às 23h30, quando estreia na programação da TV Brasil. Com 16 episódios, o programa revela as impressões de artistas que fazem do corpo um grande espetáculo.

A proposta é destacar personalidades que contribuíram para essa arte ter se tornado uma referência. Cada edição recebe um artista com importante obra na cena mineira da dança. Bailarinos, coreógrafos, performers e intérpretes de renome contam sua vida e mostram movimentos que conquistaram o mundo.

Retratos da Dança aborda a trajetória de artistas que avançaram as fronteiras e permitiram a experimentação como na dança contemporânea tão aplaudida nos dias de hoje. A TV Brasil inicia a exibição da série com as atrações que participaram desde a primeira temporada.

A produção combina depoimentos emocionantes com performances incríveis de artistas que apresentam suas coreografias. A experiente bailarina Dudude Herrmann é a convidada de estreia do seriado Retratos da Dança, obra documental realizada pela emissora pública mineira.

A série mergulha nos movimentos e histórias de convidados como o Ballet Jovem de Minas Gerais, Éden Peretta (Coletivo Anticorpos), Coletivo Movasse, Rede Sola de Dança, Cia NósLáEmCasa, Grupo Contemporâneo de Dança Livre, Cib Maia, Júnia Bertolino, Rodrigo Pinheiro, Marise Dinis, Dudude Herrmann, Eduardo Sô, Vitória Regina, Thembi Rosa, Suely Machado e Paola Rettore. 

Estreia com a bailarina Dudude Herrmann

No programa de estreia, a série Retratos da Dança recebe a bailarina e coreógrafa Dudude Herrmann. A artista revela como entrou no universo da dança e fala sobre experimentação e improvisação, marcas de seus trabalhos. A entrevistada comenta técnicas e destaca sua paixão pela dança nos palcos e nas ruas.

O primeiro episódio destaca ainda momentos da trajetória da bailarina. Dudude Herrmann começou sua carreira no TransForma Centro de Dança Contemporânea e passou por grupos como Galpão, Primeiro Ato, Cia Burlantins, Palácio das Artes, Centre Chorégraphique National (Orléans – França), entre outros.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.