Home Top Ad

ID estreia a sexta temporada de ''Seu Pior Pesadelo''

Share:

Divulgação ID

Nesta sexta-feira, 4 de dezembro, às 22h, o ID estreia a sexta temporada de SEU PIOR PESADELO (Your Worst Nightmare). A série retorna ao canal em episódios inéditos, cada um deles com uma hora de duração e foco em um crime diferente. Na produção, as investigações desses casos reais são revividas com a ajuda de dramatizações com referência na cinematografia clássica do suspense.

Além das reconstituições, arquivos com imagens e vídeos cedidos pelas autoridades, depoimentos de pessoas relacionadas às vítimas e de oficiais envolvidos nas investigações ajudam a reconstruir o desenrolar dos fatos – desde as circunstâncias que antecedem os crimes às soluções.

Técnicas de filmagem criam tensão crescente: penumbra, planos fechados e ritmo nervoso contrastam com cenas em câmera lenta – de um lado, as vítimas seguem suas vidas, completamente alheias ao futuro imediato e violento que as espera; do outro, os algozes se preparam para ataques brutais, calculados e por vezes fatais.

Divulgação ID

Assim, SEU PIOR PESADELO coloca o telespectador no centro da ação, desde os momentos que antecedem os crimes, passando pelo fatídico confronto entre vítimas e criminosos e, depois, pelos detalhes da apuração. Testemunhas, detetives, psicólogos, familiares e sobreviventes contam às câmeras o desenrolar dos casos e o desfecho de cada um deles.

O episódio de estreia da sexta temporada retorna a 1998 para contar a história de Debbie Puglisi. Aos 46 anos, ela e o marido, Nino, mudaram-se para a casa dos sonhos depois da ida dos filhos para a faculdade. A vizinhança tranquila, em um bairro valorizado era o lugar perfeito para o casal celebrar as bodas de prata e recomeçar.

No entanto, um dia pacato que parecia ser como qualquer outro logo se transforma em uma terrível luta pela sobrevivência: um estranho invade a casa de Debbie e Nino e a sequestra em plena luz do dia. A dramática sequência de eventos é narrada por Debbie, que conta em suas próprias palavras o que houve quando ela foi levada de casa pelo criminoso. Oficiais que trabalharam no caso contam o outro lado da história: a estarrecedora chegada à cena do crime e a procura desesperada por pistas do paradeiro da vítima.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.