Home Top Ad

'Globo Repórter' mostra como algumas familiares brasileiras mudaram os hábitos alimentares em um ano

Share:

Reprodução

Você está se alimentando bem? Será que vale a pena consumir produtos orgânicos? O tradicional arroz com feijão ainda é uma boa combinação? No 'Globo Repórter' desta sexta-feira, dia 12, a repórter Isabela Assumpção busca respostas para essas e outras perguntas. Durante um ano, desde antes da pandemia, ela acompanhou brasileiros que fizeram mudanças em seu cardápio em busca de mais qualidade de vida.
 
A pandemia ajudou algumas famílias na mudança de hábitos alimentares, já que o fato de permanecer mais tempo em casa pode ter facilitado o planejamento e o preparo das refeições. Mas não foi assim para todos. A diarista Jô não parou de trabalhar e, apesar da rotina pesada de quem demora duas horas para chegar ao trabalho, não abre mão de comprar comidas frescas no seu dia de folga. Ela dá dicas de como encaixar uma alimentação mais saudável na vida de quem tem uma rotina agitada.

O programa mostra também que o consumo de alimentos ultraprocessados está diretamente relacionado à incidência de doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade, alguns tipos de câncer e até depressão. Também, que é possível consumir alimentos sem aditivos morando em grandes cidades, além de usar comida saudável como remédio para curar alguns problemas de saúde. “Quem sabe, a questão da Covid tenha mostrado para nós como é importante ter a saúde em dia. Se já tínhamos muitas razões para ter uma alimentação saudável e não consumir alimentos ultraprocessados, agora temos uma a mais”, conta o Carlos Augusto Monteiro, professor de Saúde Pública de São Paulo, estudioso do assunto.
O ‘Globo Repórter’ vai ao ar na noite de sexta-feira, dia 12, logo após o ‘BBB21’.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.