Discovery estreia a terceira temporada de ''Vida Remota''

Divulgação 

A partir de segunda-feira, 29 de março, às 22h, o Discovery exibe os episódios inéditos da terceira temporada de VIDA REMOTA (Homestead Rescue), série que acompanha Marty Raney e seus filhos, Misty e Matt, na missão de socorrer pessoas que se meteram em apuros ao tentarem deixar para trás as preocupações e gastos dos grandes centros urbanos.

Os clientes dos Raney são famílias que decidiram viver longe da cidade e hoje amargam as dificuldades que a falta de experiência e de conhecimento lhes trouxe durante as suas incursões em regiões isoladas e em meio à natureza. Em busca de paz, sossego e de autonomia, essas famílias deixam suas casas com água encanada e rede de esgoto para tentarem a vida em terras precisam que ser desbravadas.

O êxodo rumo a áreas remotas é um fenômeno que ganha vulto ano após ano nos Estados Unidos, mas o sonho de viver no paraíso muitas vezes se converte em situações precárias e de extremo risco. Sem recursos para desfazer a mudança, as famílias ficam à mercê da natureza, correndo riscos que vão desde a falta de saneamento à exposição a enchentes, ao frio intenso e a predadores.

Marty Raney e os filhos, Misty e Matt, formam um trio de consultores especializados no resgate de pessoas nessa situação. Morador do Alasca desde a década de 1970, Marty criou os filhos em meio à natureza, ensinando-os as regras para subsistência nesse tipo de local.  A cada episódio, uma família instalada em diferentes localidades dos Estados Unidos recebe a valiosa ajuda do trio.  Os Raney vão às propriedades, avaliam as condições e traçam planos de ação que contemplam medidas emergenciais para facilitar a adaptação e, a longo prazo, a subsistência. Estão entre elas a construção de novas casas, opções para cultivo de vegetais e para criação de animais que possam prover alimento.  A proposta deles é planejar e implementar soluções rápidas, além de transmitir ensinamentos sobre como conseguir alimento e água em cada uma das propriedades, levando em consideração as necessidades das famílias e as possibilidades do local.

No episódio que inaugura a terceira temporada, os Raney estão na prórpia vizinhança, em uma região do Alasca chamada Fishhook, a apenas oito quilômetros de sua casa. Ali, eles vão socorrer Kevin Tubbs, ocupante de uma cabana com sérios problemas elétricos – o que, no frio do Alasca e na estação seca, especialmente propícia à propagação de incêndios, pode ser a diferença entre vida e morte. Os Tubbs sabem do risco e, desde que Kevin se mudou para o Alasca, há três anos, vive cercado por extintores de incêndio.

Kevin decidiu mudar de vida após o divórcio e se apaixonou pela propriedade de 16 hectares à beira do rio Little Susitna. Os dois filhos já adultos, Larsen e Mackenzie, visitam o pai frequentemente e se preocupam ao ver que ele está perdendo a batalha para o sistema elétrico amador construído com baterias, geradores, muitos fios e um emaranhado de cabos. Os dois pediram a ajuda dos Raney e deram um ultimato ao pai: ou ele investe na segurança da cabana, ou vão suspender as visitas.

Marty, Misty e Matt aproveitam o tempo ameno do fim da primavera para refazerem a rede elétrica inteiramente, trocando a fios, cabos e redimensionando os circuitos. Depois, eles vão tentar uma empreitada ousada:  construir um moinho no rio, aproveitando o fluxo d’água para criar sistema hidroelétrico, tornando a propriedade autossuficiente e segura.

Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem