Dois dos sete longas brasileiro em competição no ''É Tudo Verdade'' são coproduções do Canal Brasil

Reprodução

O ''É Tudo Verdade – Festival Internacional de Documentários'' apresentou nesta terça, dia 23/03, em coletiva de imprensa, a seleção de filmes da edição de 2021 – que devido à pandemia da Covid-19, será online e gratuita, com acesso à programação em todo território nacional. De 08 a 18 de abril, serão exibidos 69 títulos de 23 países. Sete longas-metragens brasileiros fazem parte da mostra competitiva do festival e, destes, dois são coproduções do Canal Brasil: “Máquina do Desejo - Os 60 Anos do Teatro Oficina”, de Lucas Weglinski e Joaquim Castro, e “Zimba”, de Joel Pizzini.

Todos os anos, o Canal Brasil apresenta a faixa “É Tudo Verdade” com filmes que foram destaque em anos anteriores no festival. A partir do dia 07 de abril, sempre nas noites de quarta, às 20h, o canal exibe a nova temporada da faixa que reúne o melhor da produção nacional recente do cinema de realidade. Entre os filmes que serão exibidos este ano, são destaque: “Soldado Estrangeiro”,  de José Joffily e Pedro Rossi, “Barretão, o Filme”, de Marcelo Santiago, “Fico Te Devendo uma Carta sobre o Brasil”, de Carol Benjamin, “Niède”, de Tiago Tambelli, e “Babenco, Alguém Tem Que Ouvir o Coração e Dizer: Parou”, de Barbara Paz. 
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem