Brasil Caipira de domingo na TV Brasil reúne juventude e experiência na música de raiz

Divulgação

O Brasil Caipira inédito deste domingo (2) preparou uma mistura de convidados para mostrar quem já tem estrada no universo da música de raiz, e quem ainda é jovem, com muito tempo pela frente, mas já canta bonito e com o coração. Durante o programa da TV Brasil, às 9h, o apresentador Luiz Rocha recebe as duplas Luis Gustavo & Luis Augusto, Antonio & Victor Hugo e Dyego & Gustavo.  

Luis Gustavo e Luis Augusto nasceram no distrito de Bonfim Paulista, município de Ribeirão Preto, estado de São Paulo, e por isso são conhecidos como “Os Meninos do Bonfim”. Influenciados pelo pai, começaram a cantar praticamente no berço. Gravaram o primeiro álbum quando tinham apenas sete e oito anos, respectivamente, e desde então foram outros inúmeros lançamentos. 

Atualmente, com 23 e 24 anos, e 15 de carreira, os irmãos já se apresentaram em diversos programas de televisão e rádio pelo Brasil. Mesmo com todas as dificuldades ocorridas no ano de 2020, Luis Gustavo & Luis Augusto, formados em engenharia civil, continuaram fazendo o que mais gostam: cantar.

Entre as canções que apresentam no domingo estão "Relíquias de um adeus" (Luis Gustavo / Luis Augusto / Palaretti), "Chora no peito viola" (Luis Augusto / Luis Gustavo / Palaretti) e "Filho da Terra" (Luis Augusto / Luis Gustavo / Palaretti).

Dois jovens, ambos com dezoito anos de idade, formaram a dupla há sete meses. Antonio e Victor Hugo nasceram na cidade de São José dos Campos, interior paulista. O primeiro trabalho, um DVD, já está em fase adiantada de produção. 

Antonio, começou a tocar violão e viola aos 12 anos de idade. Vem de uma família sertaneja e, por intermédio de seu avô, chegou a gravar três CDs com a dupla “João Viola & Soberano”, tendo, inclusive, participado do programa Brasil Caipira. Victor Hugo começou a tocar violão há pouco mais de um ano após conhecer Antonio, quando resolveram cantar juntos. Em 2020, formaram oficialmente a dupla em busca do sonho de viver, exclusivamente, da música sertaneja raiz.

Durante o programa eles interpretam "O voo da andorinha" (Goiano / Donizete Santos), "Sinfonia brasileira" (Dino Franco) e "Meu pedido" (B. Amorim / Platinense).

Já Dyego e Gustavo lançaram seu primeiro álbum, "Viola de Pau Brasil", em 2018, mas começaram a carreira no ano de 2009. São intérpretes, instrumentistas e compositores, e cantam com maestria clássicos da música caipira, além de assinarem belas composições de autoria própria. 

A trajetória profissional da dupla conta com diversas apresentações pelo Brasil, participações em programas de rádio e TV, além de shows de abertura de reconhecidas duplas como Zé Mulato & Cassiano; Vanderley & Valtecy; Marcos Violeiro & Cleiton Torres; Juliana Andrade & Juciamara; entre outros. Em 2012, ganharam o prêmio “Tradição da Música Sertaneja” no Festival Nacional de Cruzeiro dos Peixotos, em Minas Gerais.

Neste episódio do Brasil Caipira, eles entoam "Garça branca" (Carlito / Criolo), "Na boca do Brasil" (Domiciano / Pedro Paulo) e "Doutor no sertão" (Goiano / Valdemar Reis).
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem