Segundo pesquisa, TV paga sofre queda na área urbana e aumenta na área rural

Reprodução

O percentual de domicílios com TV paga entre 2018 e 2019 variou de 31,8% para 30,4%, com redução de 34,3% para 32,4% em área urbana, e alta de 14,9% para 15,9% em área rural. Cerca de 51,5% dos que não tinham esse serviço o consideravam caro e 41,6% não tinham interesse. A proporção dos domicílios que não tinham TV por assinatura e a substituíram por serviço de streaming cresceu de 3,5% para 4,9%, no período. 

Em 2019, dos 72,9 milhões de domicílios particulares permanentes do País, em 96,3% havia televisão, proporção que ficou em 97,0% em área urbana e um pouco abaixo em área rural (91,6%). As Regiões Sudeste e Sul apresentaram as maiores proporções de domicílios com televisão (97,7% e 97,4%, respectivamente). Já a Região Norte apresentou a menor proporção, 91,6%. 

O rendimento médio per capita dos domicílios com TV por assinatura (R$ 2.425) superou em muito o daqueles sem este serviço (R$ 993). Entre os motivos informados para não adquirir o serviço de TV por assinatura, 51,5% consideravam o serviço caro e 41,6% por não haver interesse pelo serviço.  

O percentual dos domicílios que não tinham TV por assinatura porque substituíam este serviço pela programação via internet chegou a 4,9%, enquanto os que não o tinham por não estar disponível na área em que se localizava o domicílio, somente 1,4%. 

A Pnad TIC, divulgada nesta quarta-feira, 14, pelo IBGE, mostrou também a redução de domicílios com recepção do sinal de televisão por antenas parabólicas de 30% para 27%. Esse indicador caiu de 24,6% para 21,8% em área urbana e de 66,7% para 63,6% em área rural. 

Em 2019, esse rendimento nos domicílios com antena parabólica (R$ 1.002) representava 41,3% daquele nos domicílios com acesso a serviço de televisão por assinatura (R$ 2.425). *Com informações telesintese.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem