Rádio Cultura Brasil migra da AM para FM nesta sexta-feira

Divulgação

Nesta sexta-feira (7/5), a Rádio Cultura Brasil migra da AM para a FM (77,9 MHz). A emissora da Fundação Padre Anchieta, que também mantém a TV Cultura, é a primeira em São Paulo a operar na frequência estendida.

A programação será a mesma, mas virá com novidades. De segunda a sexta-feira, entre 14h e 16h será ao vivo, com transmissão com câmera pelo site culturabrasil.com.br. Terá ainda o novo formato do Cultura Livre aos sábados e domingos, às 13h, com Roberta Martinelli, e a nova temporada do Programa do Estudante, com estreia no domingo (9), às 16h .

FM estendida

A transmissão de rádio por AM tornou-se inviável em razão de suas características técnicas, com muita interferência no sinal, ruídos constantes, interrupções e má qualidade sonora. Por isso, emissoras que operam nessa faixa de frequência, entre 520 e 1.710 kHz, reivindicaram ao Ministério das Comunicações a migração dessas estações para a faixa de FM (de 87,7 MHz a 107,9 MHz).

Essa migração já acontece em várias cidades do Brasil. Porém, principalmente nos grandes centros urbanos, não há espaço para que ela ocorra, pois o espectro já está todo ocupado.

Com o desligamento da TV analógica, canais 5 e 6, abriu-se espaço na faixa de radiofrequência, que pode ser ocupado pelas emissoras que operam hoje em AM. Esta faixa é conhecida como FM estendida, ou seja, uma ampliação da faixa de Frequência Modulada que passa a ser de 76,0 a 108,0 MHz. Com essa ampliação, nos grandes centros urbanos, as emissoras que operam em AM podem transmitir sua programação entre 76,1 e 87,5 MHz.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem