“Não existe um mundo sem hipocrisia”, diz Thaís Oyama no Linhas Cruzadas

Divulgação

O Linhas Cruzadas desta quinta-feira (15/7) discute a hipocrisia. Ela, sendo uma prática já condenada por muitos, continua movendo e sustentando diversas relações humanas. Assim, Thaís Oyama e Luiz Felipe Pondé debatem as diversas faces desse tema polêmico às 22h, na TV Cultura.

O filósofo e a jornalista realizam um resgate histórico do que a palavra ‘hipocrisia’ significa e como isso reflete na vida em sociedade atualmente. "Hoje em dia o hipócrita é aquele que mente, aquele que dissimula, aquele que finge às vezes sentir o que não sente", problematiza Thaís, e Pondé complementa dizendo que ‘ser hipócrita’ se assemelha a "uma substância moral pública".

Mas será que a hipocrisia é sempre um serviço do mal? A conversa segue tentando decifrar esse comportamento humano que pode ser um recurso social, mas que precisa ser administrado em doses. "A questão aqui é aquela pessoa que age com uma máscara e cobra dos outros esse mesmo comportamento da máscara. E, no final, ele não é isso, ele é outra coisa", afirma Thaís.

Explorando diversas vertentes filosóficas, os apresentadores levam a hipocrisia para a prática e usam como exemplo cenas do cotidiano, recortes da vida de celebridades e analisam a mídia e a democracia brasileira. "Não existe democracia sem hipocrisia e não existe ganhar votos sem hipocrisia", finaliza Pondé.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem