Documentário "Flores do Cárcere" estreia no Canal Brasil, com depoimentos de ex-detentas de uma cadeia superlotada

Divulgação

Baseado no livro homônimo de Flávia Ribeiro de Castro, o documentário "Flores do Cárcere" mostra a situação desumana e insalubre de uma cadeia superlotada e as dificuldades da reinserção na sociedade de seis ex-detentas. Xakila, Mel, Dani, Pérola, Chachá e Rosa revisitam memórias, celas e vídeos, compartilhando com o público suas experiências e reflexões. O Canal Brasil exibe o filme inédito na quarta, dia 18/08, às 20h, na faixa É Tudo Verdade.

Em julho de 2014, as últimas 24 presas deixaram a Cadeia Feminina de Santos, que foi desativada por determinação da justiça. Em péssimas condições estruturais e de conservação, o presídio chegou a abrigar mais de 200 detentas, tendo capacidade para apenas 60. O documentário "Flores do Cárcere" adentra o prédio abandonado e entrevista, em meio a muito mato e recordações, algumas mulheres que viveram lá durante longos meses e anos.

Flores do Cárcere (2019) (71’)
[É Tudo Verdade]
INÉDITO E EXCLUSIVO
Horário: quarta, dia 18/08, às 20h
Classificação: 14 anos
Direção: Paulo Caldas e Bárbara Cunha

Sinopse: Doze anos depois de saírem da prisão, seis ex-detentas retornam à Cadeia Pública de Santos, em São Paulo. A penitenciária, que antes alojava tantas mulheres entre grades, hoje está deserta. E elas preenchem este espaço vazio com seus depoimentos sobre o encarceramento e refletem o processo de reinserção na sociedade.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem