Indústria do Bem: ''isso não impede que as pessoas explorem umas às outras'', diz Pondé no Linhas Cruzadas

Créditos: Bruna Frasson

Nesta quinta-feira (12/8), a edição do Linhas Cruzadas debate sobre a presença atual da indústria do bem na sociedade. A jornalista Thaís Oyama e o filósofo Luis Henrique Pondé levam a discussão sobre o marketing da diversidade para diversos pontos - publicidade, jornalismo, cinema e mais. O programa vai ao ar a partir das 22h, na TV Cultura.

Estariam as empresas e os grandes negócios acordando para a importância da representatividade e bem social? Ou tudo isso não passa de uma aposta em mais um nicho de mercado? Durante a edição do Linhas Cruzadas, os apresentadores levantam tais questões e aprofundam o debate iniciado na análise das publicidades para outros meios de comunicação.

"É evidente que você pode incluir todas as identidades em comerciais ou incluir mesmo dentro das empresas. Isso não garante que as pessoas e o mundo, ou mesmo o capitalismo, vá deixar de ser extremamente agressivo. Isso não impede que as pessoas explorem umas às outras, mesmo incluindo as diversidades.", pontua Pondé.

Além disso, a edição aborda cenário de escassas divergências de pensamento, a confiabilidade do poder e o fetichismo da esquerda atual. O debate sinuoso também ressalta a importância da ampliação da visibilidade para as minorias.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem