TLC exibe maratona especial com episódios de ''Eu Não Sabia Que Estava Grávida''

Divulgação

Para a maioria das mulheres, a gravidez é um momento de transformações bruscas: do humor à silhueta, da disposição física ao paladar e apetite, tudo acompanha as importantes modificações hormonais que acontecem no corpo da gestante. No entanto, contrariando aquilo que se espera, há mulheres que descobrem a gravidez no momento do parto – são essas as protagonistas de EU NÃO SABIA QUE ESTAVA GRÁVIDA (I Didn’t Know I Was Pregnant), série do TLC que ganha maratona na noite de sábado, 4 de setembro, a partir das 21h20.

Serão sete episódios exibidos em sequência no ESPECIAL EU NÃO SABIA QUE ESTAVA GRÁVIDA. Com duração de meia hora, cada um deles conta as histórias reais de mulheres que descobriram a gestação pouco antes ou no próprio momento em que deram à luz seus bebês.

Algumas delas concluíram o trabalho de parto na própria casa, sem que tivessem sentido o bebê se mexer dentro da barriga, ou passado pelos enjoos matinais, ou notado qualquer diferença relevante no corpo. Outras chegaram a procurar médicos ao sentirem que algo não estava normal e inclusive receberam diagnósticos dos mais variados, até mesmo de tumores, antes de descobrirem a gravidez.

Casos de gestações assintomáticas intrigam a ciência e, sobretudo, as próprias mulheres que narram às câmeras suas experiências insólitas. A partir dos relatos dessas mães, a série mostra que a condição de gerar a vida ainda guarda seus mistérios, mesmo diante da abundância de informação e dos progressos da medicina.

Divulgação

No episódio que inaugura a segunda temporada, Abbigale recebeu uma surpresa na noite de Halloween de 2008: ao ir ao banheiro com dores fortes na parte inferior do abdômen, ela ficou estarrecida ao perceber que estava em trabalho de parto, sem que sequer soubesse estar grávida. O esposo e a mãe de Abbigale falam à produção e revelam que também não haviam percebido a gravidez dela, mesmo com a convivência constante que tiveram durante todo o período de gestação.

Ainda no primeiro episódio, Angel conta que aos seus 34 anos sofria demais com as dores decorrentes da endometriose e por isso decidiu passar pela histerectomia, cirurgia de retirada do útero, em 2008. Ela já tinha um filho que nasceu prematuro após uma gestação difícil. No entanto, durante a realização de um dos exames pré-operatórios, ela descobriu estar grávida de 32 semanas, mesmo após meses de um tratamento hormonal que deveria ter suspendido seu ciclo. A primeira reação do médico ao sentir a rigidez no abdômen de Angel foi suspeitar de um tumor – que o ultrassom mostrou ser, na verdade, um bebê.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem