Seriado Imensidão Azul estreia na TV Brasil com imagens subaquáticas espetaculares

Divulgação

Para registrar algumas das cenas mais espetaculares do planeta, o seriado Imensidão Azul que estreia nesta sexta-feira (17), às 21h30, na TV Brasil, investiga os mistérios das profundezas dos oceanos. Produzida pela canadense Blue Ant Media, a série documental passeia por jardins submersos exuberantes, cheios de cenários vibrantes e criaturas que parecem de outro mundo.

Com seis episódios na primeira temporada e oito na segunda, o programa faz um passeio em alta definição pelo universo subaquático da Ilha de Coco, Ilha de Socorro, Baía de Roatan, Cozumel, Belize, Bahamas, Indonésia, Ilhas Maldivas, Mar de Cortez e Palau acompanhando histórias fascinantes de mergulhadores. Ao lado destes profissionais, a equipe de produção aproxima-se de tubarões-baleia, golfinhos, arraias gigantes e cardumes espetaculares de peixes. 

A atração inédita da emissora pública viaja ao lado dos principais ambientalistas marinhos do mundo em uma jornada de descobertas. Enquanto o grupo se aventura em cantos remotos do planeta, desvenda segredos do oceano e luta para preservar animais ameaçados de extinção. 

O seriado Imensidão Azul tem horário alternativo na programação da TV Brasil. A obra documental pode ser acompanhada de sexta para sábado à 1h45, sábado às 15h e 2h45, e na madrugada de domingo para segunda-feira, à 0h30. O programa também fica disponível por 30 dias no aplicativo TV Brasil Play.

Destino do primeiro episódio é a Ilha do Coco 

No documentário de estreia da primeira temporada, a produção visita a Ilha de Coco, na Costa Rica, considerada pelo oceanógrafo Jacques Cousteau "a ilha mais bonita do mundo".  O local abriga uma vida marinha repleta de peixes multicoloridos, enormes tartarugas e diversos cardumes de tubarões.

Com uma área total de 23,85 km², é a única ilha no Pacífico com uma floresta tropical. Cenário de florestas densas, e de rios e riachos de águas cristalinas, é considerada um elo perdido: sua paisagem jurássica conservada parece ter permanecido intacta por milhões de anos.

O Parque Nacional da Ilha do Coco é lar de uma grande biodiversidade e um dos melhores lugares do mundo para ver espécies da zona pelágica como tubarões, raias, atuns e golfinhos. Devido a sua inigualável beleza natural e riqueza biológica, o parque foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1997.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem