Ad Code

Seleção da 52ª edição do Prêmio ESPN Bola de Prata Sportingbet é dominada por Atlético-MG

Divulgação

A 52ª edição do ESPN Bola de Prata Sportingbet, a mais tradicional cerimônia de premiação do futebol nacional, foi realizada nesta sexta-feira, dia 10 de dezembro, e homenageou os melhores jogadores do Campeonato Brasileiro de 2021. O evento deste ano ficou marcado como o maior da história por premiar, pela primeira vez, a seleção do campeonato feminino, além de estrear a categoria que homenageia a personalidade do futebol mais engajada com o Combate ao Racismo.

O grande destaque da premiação foi o Atlético MG, equipe que conquistou o segundo título do Campeonato Brasileiro de sua história. O clube teve oito atletas premiados, além de Cuca, eleito o melhor técnico. Hulk foi a principal atração da cerimônia e acabou eleito o Bola de Ouro da competição, além de levar para casa os troféus de melhor atacante e artilheiro. “Agradeço a Deus e à massa atleticana que tanto nos apoiou no campeonato inteiro. Estou muito feliz com os prêmios individuais e também com o título”.

Os torcedores do Galo também puderam vibrar com as participações de dois dos maiores ídolos da história do clube. Reinaldo, estrela do Atlético nos anos 70 e 80, entrou no palco com o punho erguido e fechado, mesmo gesto com o qual comemorava seus gols em sinal de protesto. O artilheiro recebeu o prêmio “Reflexões” e deu o recado. “Fogo nos racistas”. Dadá Maravilha, artilheiro do Galo no Brasileirão de 1971, foi o responsável por anunciar a Bola de Ouro para Hulk. 

Divulgação

O evento deste ano teve apresentação de Bruno Vicari e Mariana Spinelli, que comandam a primeira edição do SportsCenter diariamente. A cerimônia também contou a participação dos talentos da ESPN: Alex Tseng, Natasha David, Edu de Meneses, Luciana Mariano e Celso Unzelte, e participações dos influenciadores Jukanalha e Naty Potira como co-hosts. Além disso, a premiação teve a presença dos atores Raphael Logam, Yuri Marçal e Klara Castanho, e dos ex-jogadores da Seleção Brasileira: Djalminha, Formiga, Pretinha e Maravilha. Como atrações musicais, os destaques foram Salgadinho e a dupla Henrique e Diego.

Em avaliação realizada pelos jornalistas da ESPN e também por critérios técnicos do DataESPN, equipe de análises estatísticas da emissora, a seleção do campeonato masculino ficou definida da seguinte maneira: Everson (Atlético MG); Mariano (Atlético MG), Junior Alonso (Atlético MG), Léo Ortiz (RB Bragantino) e Guilherme Arana (Atlético MG); Jair (Atlético MG) e Edenilson (Internacional); Nacho Fernandez (Atlético MG) e Raphael Veiga (Palmeiras); Artur (RB Bragantino) e Hulk (Atlético MG).

Divulgação

Seguindo os mesmos critérios de avaliação, a seleção feminina foi dominada por equipes paulistas. As premiadas foram: Luciana (Ferroviária); Bruna Calderan (Palmeiras), Erika (Corinthians), Agustina (Palmeiras) e Yasmin (Corinthians); Carol Nogueira (São Paulo) e Andressinha (Corinthians); Vic Albuquerque (Corinthians) e Tamires (Corinthians); Bia Zaneratto (Palmeiras) e Gabi Nunes (Corinthians).

Bia Zaneratto foi o grande destaque entre as mulheres. A ex-jogadora do Palmeiras foi eleita Bola de Ouro, melhor atacante e também terminou a competição como artilheira com 13 gols em 15 partidas. “O futebol feminino vive um momento único em sua história com essa premiação. Esses prêmios são presentes especiais para mim”. Foi a primeira vez que as mulheres tiveram o mesmo tratamento durante a premiação.

Outro momento marcante envolveu Formiga, lenda do futebol feminino. A meio-campista foi homenageada com uma Bola de Ouro, uma maneira que a premiação encontrou de valorizar quem tanto fez pelo esporte brasileiro. “Estou muito emocionada com essa homenagem. Ver nossos esforços sendo recompensados é muito gratificante”, disse a craque que se aposentou da seleção brasileira nesta temporada aos 43 anos.

Divulgação 

Pelo terceiro ano consecutivo a cerimônia teve a direção geral de Fernando Taliba, profissional que já realizou outras grandes premiações na TV, como o Video Music Brasil (VMB), MTV Miaw, da MTV, e também o Meus Prêmios Nick, do canal de TV paga Nickelodeon. Cristiane Iwayama, Regiane Wohnrath, Karen Barbosa, Clara Gomes e João Gonzales foram responsáveis pela produção e coordenação do evento.

Prêmios Especiais

Combate ao Racismo – Reinaldo (Ídolo do Atlético-MG)

Bola de Ouro Especial - Formiga

Premiações Femininas

GOLEIRA - Luciana (Ferroviária)
ZAGUEIRAS - Erika (Corinthians) e Agustina (Palmeiras)
LATERAIS - Bruna Calderan (Palmeiras) e Yasmin (Corinthians)
VOLANTES - Carol Nogueira (São Paulo) e Andressinha (Corinthians)
MEIAS - Vic Albuquerque (Corinthians) e Tamires (Corinthians)
ATACANTES - Bia Zaneratto (Palmeiras) e Gabi Nunes (Corinthians)
TÉCNICO - Arthur Elias (Corinthians)
BOLA DE OURO - Bia Zaneratto (Palmeiras)
ARTILHEIRA - Bia Zaneratto (Palmeiras)
GOL MAIS BONITO – Gabi Zanotti (Corinthians)
REVELAÇÃO – Bruninha (Santos)

Premiações Masculinas

GOLEIRO - Everson (Atlético-MG)
ZAGUEIROS - Junior Alonso (Atlético-MG) e Léo Ortiz (RB Bragantino)
LATERAIS - Mariano (Atlético-MG) e Guilherme Arana (Atlético MG)
VOLANTES - Edenilson (Internacional) e Jair (Atlético-MG)
MEIAS - Nacho Fernández (Atlético-MG) e Raphael Veiga (Palmeiras)
ATACANTES - Hulk (Atlético-MG) e Artur (RB Bragantino)
TÉCNICO - Cuca (Atlético-MG)
BOLA DE OURO - Hulk (Atlético-MG)
ARTILHEIRO - Hulk (Atlético-MG)
GOL MAIS BONITO - Andreas Pereira (Flamengo)
REVELAÇÃO - Matías Zaracho (Atlético-MG)

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code