'Esporte Espetacular' aborda os danos que são causados à carreira dos atletas que são contra a vacinação

Divulgação

Recordista de semanas na liderança do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP). Um dos três jogadores do mundo que teve a honra de conquistar 20 torneios grand slams, os mais importantes do circuito. Por seus feitos em quadra, o sérvio Novak Djokovic é um dos maiores de todos os tempos. Mas veio a pandemia, e com ela a imagem do ídolo do esporte foi abalada. Primeiro por ter organizado um torneio independente em seu país, com público e sem a obrigatoriedade da máscara, quando a orientação da Organização Mundial de Saúde era para as pessoas ficarem em casa. Agora, está envolvido em mais uma polêmica. Dos 100 melhores tenistas do planeta, Novak é um dos cinco que não apresentaram comprovante de vacinação para a Covid-19. Tentou embarcar para a Austrália, onde acontece o primeiro grande torneio da temporada, e ficou cinco dias impedido de sair do hotel, até que a Justiça do país decidisse se ele deveria ser deportado ou se poderia jogar o Aberto da Austrália, mesmo sem cumprir os protocolos exigidos a todos os participantes. Venceu esta batalha, mas a mancha na biografia está marcada para sempre. Djokovic não é o único atleta de alto rendimento, expoente de sua modalidade, que se enquadra no perfil dos antivax. É sobre estes casos que o repórter Carlos Gil aborda no ‘Esporte Espetacular’ deste domingo, dia 16, que começa logo depois do ‘Auto Esporte’.
 
Um dos principais jogadores da NBA, a liga de basquete mais importante do mundo, o ala-armador Kyrie Irving perdeu boa parte da temporada pelo Brooklyn Nets porque recusou-se a vacinar. Não pode defender a equipe em todas as partidas, apenas em cidades em que seja permitida presença em locais fechados de pessoas sem comprovante. Não é o caso de Nova Iorque, que abriga a sua equipe. O jogador de futebol americano Aaron Rodgers, quarterback do Green Bay Packers, e os surfistas Gabriel Medina e Kelly Slater são alguns dos outros expoentes do esporte que já se envolveram em polêmica por conta da vacina. A reportagem procura elucidar algumas perguntas importantes sobre o tema. Qual o peso que essa decisão tem e qual a capacidade que elas têm de influenciar os fãs? Quais os riscos que esses atletas sofrem de perderem patrocínios, viagens importantes em competições e de sofrerem prejuízos na imagem? Por outro lado, há atletas que têm se posicionado a favor da vacinação, como é o caso do nadador brasileiro Bruno Fratus, medalha de bronze nos 50 metros livre nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano passado, um ativista desta causa nas redes sociais.
 
Vem do Morro do Borel, na Tijuca, Zona Norte do Rio de Janeiro, uma história que sensibilizou as redes sociais nesta semana. A jovem Ana Luisa Batista dos Anjos, de apenas 12 anos, ensaiando diversos movimentos de ginástica artística em um cenário improvisado, na laje. A menina começou a praticar o esporte no segundo semestre do ano passado, logo depois de Rebeca Andrade brilhar nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O repórter Kiko Menezes conta quais são os sonhos que tem a garota que treina debaixo de sol, entre a caixa d’água e os entulhos e quem são os ídolos em que ela se espelha.  
 
No domingo também começam as oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior, com todos os jogos desta fase transmitidos pelo sportv. No ‘Esporte Espetacular’ um dos times eliminados na primeira fase do torneio possui uma história curiosa. O Manthiqueira, clube de Guaratinguetá, no interior de São Paulo, despediu-se da competição com três derrotas, apenas dois gols marcados, dez sofridos e na lanterna do Grupo 13. Porém, à beira do campo um personagem chamou a atenção. Geraldo Márgelo, o Dado, é filósofo por formação e deixou a presidência do clube para assumir como treinador da equipe no torneio. Ele adotou algumas determinações incomuns no mundo do futebol. Entre outras coisas, na numeração, o capitão veste a camisa 1 e o goleiro é o 11. 
 
A vez da Fadinha e do skate no ‘Verão Espetacular’

 Modalidade que foi uma das sensações nos Jogos Olímpicos do ano passado, o skate estreia neste domingo no ‘Verão Espetacular’. Direto de Criciúma, em Santa Catarina, acontece a etapa que abre o calendário do STU, o Circuito Brasileiro de Skate Street. A medalhista de prata em Tóquio, Rayssa Leal e a bicampeã mundial Pâmela Rosa estarão em ação no interior catarinense. Entre os homens o vice-campeão mundial Lucas Rabelo é o favorito. A jornada começa sábado, a partir das 13h, quando o sportv2 transmite as semifinais feminina e masculina. No domingo, dentro do ‘Esporte Espetacular’ serão exibidas as superfinais nos dois gêneros. O evento contará com a narração de Everaldo Marques, os comentários de Geninho Amaral e a reportagem de Gabriela Ribeiro. 
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem