Jornal da Record fecha 2021 com a maior média em 10 anos no PNT e é vice-líder isolado

Divulgação Antonio Chahestian / Record TV

O Jornal da Record encerrou o ano de 2021 no segundo lugar isolado e bateu recorde de audiência, garantindo a maior média em dez anos no Mercado Nacional. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, o índice foi o maior desde 2016. 

No PNT, o jornalístico, sob o comando de Celso Freitas e Christina Lemos, ficou na vice-liderança absoluta com 8,8 pontos de média e share de 14%, contra 5,4 pontos de média da concorrente. A audiência é a maior desde 2010, quando o programa registrou 9 pontos de média. 

Em São Paulo, telejornal alcançou 9,4 pontos de média e share de 14% - a maior audiência desde 2016, quando o programa ficou com 9,6 pontos de média. A terceira colocada ficou com 6,1 pontos de média no ano passado. 

Além disso, o JR apresenta um crescimento nos últimos anos na praça paulista. A audiência aumentou 14,6% com relação a 2020, quando ficou com 8,2 pontos de média. Também teve alta de 34,2% em comparação com 2019, quando obteve 7 pontos de média. 

E no Rio de Janeiro, consolidou a segunda posição isolada ao marcar 8,3 pontos de média e 13% de share, superando os 5 pontos de média da concorrente. Este foi o maior índice de audiência desde 2016, quando ficou com 9,5 pontos de média na praça. 

E assim como em São Paulo,  registrou alta de 10% na audiência no comparativo com 2019 e 2020, quando marcou 7,5 pontos em ambos os períodos.  
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem