Ad Code

Discovery e discovery+ estreiam temporada inédita de ''Destiladores''

Divulgação

A partir de segunda-feira, 13 de junho, à 0h (de segunda para terça), o Discovery e o discovery+ adentram mais uma vez o conturbado universo dos alambiques clandestinos dos Estados Unidos com a estreia da nova temporada de DESTILADORES (Moonshiners). Escassez de insumos e alta na demanda marcam os 20 novos episódios, que acompanham produtores da bebida ilegal chamada ‘moonshine’ em meio à pandemia.  

A produção caseira de bebidas destiladas é considerada crime naquele país, mas movimenta um mercado multimilionário. Feita com milho, levedura e açúcar, transparente e com sabor similar ao whiskey dos americanos, a moonshine representa uma tradição ilegal, caso de polícia.  

A produção do destilado é meio de vida para muitos habitantes de regiões rurais, onde riachos e matas escondem destilarias improvisadas, porém eficientes. Por isso, junto com a bebida que abastece um mercado em expansão vêm todas as consequências que uma atividade clandestina envolve: incidentes, fugas da polícia, compra de equipamentos no mercado paralelo, disputas por território e tiros espingardas.

DESTILADORES se infiltra nesse submundo dos produtores de moonshine para acompanha-los. Eles vivem em diferentes regiões dos Estados Unidos e criaram uma verdadeira rede de clandestinos que resolveram encarar os riscos e tentam prosperar com seus negócios diante de todas as adversidades. 

As câmeras vão a diversas localidades estão com eles em momentos nunca antes registrados, na documentação da atividade criminosa. Bebida alcoólica vendida sem impostos, o moonshine tira milhões de dólares da arrecadação – com tanto dinheiro em jogo, o embate entre lei e traficantes é inevitável. No entanto, o grupo que se defende sob o argumento de que praticam uma tradição e que não irão desistir da atividade, mesmo quando o cerco da polícia parece se fechar.

A nova temporada tem início em 2020, quando o mundo começava a atravessar o que viria a ser um grande desafio global, a pandemia causada pelo novo coronavírus. O mercado está desabastecido e os produtores de moonshine enfrentam a escassez de matéria-prima que veio junto a um aumento da demanda para a ordem de 120 galões por semana. Essa conjuntura requer adaptação de todos: a começam pela localização dos alambiques.

Os DESTILADORES continuam a desafiar a lei, conseguem driblar a vigilância das autoridades e reinventam as possibilidades de obtenção de insumos. Além disso, se unem e criam dispositivos para facilitar a produção da bebida, entre elas um alambique em forma de torre que otimiza e acelera a destilagem enquanto reduz custos. Tempos difíceis são terreno fértil para a invenção e, se tem uma coisa na qual os produtores de moonshine são especialistas, é trabalhar nas frestas.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code