Ad Code

ID e discovery+ estreiam a quarta temporada de ''Cidade Pacata, Crime Cruel''

Divulgação

Na quarta-feira, 15 de junho, às 22h, CIDADE PACATA, CRIME CRUEL (Murder in The Heartland), chega a sua quarta temporada com novas histórias de crimes hediondos que abalaram a tranquilidade de comunidades até então pacíficas. A série original do ID tem estreias de seus doze novos episódios na TV e no discovery+ simultaneamente.

As cidades que aparecem na produção possuíam o mesmo clima de lugar tranquilo onde todos os vizinhos se conhecem e se cumprimentam, o cotidiano é simples e sem sobressaltos, as casas não têm portas trancadas e uns ajudam os outros. Tudo parecia seguir um ritmo muito diferente da violência que determina a rotina nos grandes centros. Até que um crime brutal destruiu essa sensação de segurança, abalou as relações e transformou todos em suspeitos.

A cada episódio, um caso diferente é recapitulado com a ajuda de entrevistas exclusivas e materiais de arquivo. Assim, a produção tem acesso aos bastidores das investigações de assassinatos que interromperam a rotina tranquila dos moradores e surpreenderam os agentes das polícias locais que, até então acostumados com pequenas ocorrências, tiveram de lidar com brutalidade dos crimes.

Além de entrevistas com os profissionais diretamente envolvidos na apuração dos fatos – detetives, promotores e jornalistas – a série traz depoimentos de familiares das vítimas e pessoas próximas a elas. Os habitantes da cidade contam a história do crime a partir de sua perspectiva dos fatos; são relatos que contêm as pistas para que se chegasse ao assassino, e que mostram como um crime cruel pode modificar completamente a relação das pessoas entre si e com a cidade onde vivem.

Seriam os assassinos membros da própria comunidade que mantiveram em segredo o seu ímpeto homicida? Ou a cidade está sob a mira de um forasteiro capaz de matar? Diante de perguntas sem respostas, os investigadores relembram como tiveram de correr contra o relógio em um esforço de restabelecer a paz.  

O episódio de estreia vai a Wagoner, cidade do estado americano de Oklahoma com pouco mais de oito mil habitantes. Ali, em 2006, a jovem mãe Stacey Shoemaker foi morta a tiros em um crime que tirou o sossego de todos: a suspeita e o medo dominaram as relações que antes eram de amizade; vizinhos até então cordiais começaram a trocar acusações. Afinal, algum deles poderia ter sido o algoz de Stacey.

Paulette Caskey foi a investigadora designada para o caso. Ela descobriu que a filha de Stacey, uma garota de seis anos à época, havia encontrado a mãe sem vida, em seu quarto. A arma estava próxima ao corpo. Naquele momento, Paulette prometeu a si mesma que não permitiria que o assassino ficasse impune. A cena do crime apontava para um roubo seguido de homicídio, mas aos poucos, a trama de relações entre vizinhos em Wagoner se mostrou mais complexa.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code