Ad Code

Jack Johnson fala sobre seu novo álbum, ''Meet the Moonlight'', hoje (07) no 'Conversa com Bial'

Divulgação

Um dos principais nomes da música folk internacional está hoje, dia 07, no 'Conversa com Bial'. Jack Johnson divide com Pedro Bial a concepção de ''Meet the Moonlight'', seu oitavo disco de inéditas, produzido durante a pandemia e lançado neste ano. 
 
Apesar do músico transportar os ouvintes de suas canções para uma atmosfera solar e praiana – não à toa, Johnson cresceu no Havaí -, ele explica a reverência à beleza noturna de seu lançamento: “Temos uma escolha simples de sair pela porta, dar um tempo, viver o momento. Pode ser para ver o luar ou dar uma volta lá fora. A música significa isso para mim, é uma meditação para me lembrar das escolhas simples que fazemos para viver o momento”, conta.
 
Além de abordar assuntos como família, referências musicais – a exemplo, o rock psicodélico de Tame Impala – e seu ativismo frente a questões ambientais, o músico comenta a influência da música brasileira sobre seu trabalho: “Quando ouvi João Gilberto e música brasileira no geral achei tudo muito lindo, mas eu era novo e não sabia que língua estavam falando. Eu não sabia nada do mundo, me lembro de achar que era francês. Mas ao crescer eu queria saber o que aquelas músicas diziam então comecei a pesquisar e interpretar as canções sobre a natureza. As composições me influenciaram”, diz.
 
Com direção artística de Monica Almeida, o ‘Conversa com Bial’ vai ao ar na TV Globo de segunda a sexta, após o ‘Jornal da Globo’. O programa também é exibido no canal internacional da Globo e em simulcast no Globoplay. As entrevistas também podem ser acompanhadas no podcast ‘Conversa com Bial’, disponível no Globoplay ou em qualquer plataforma de áudio.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code