Ad Code

Em parceria com o Cabíria Festival, Telecine celebra mulheres e diversidade com programação especial

Divulgação

O Telecine caminha mais uma vez ao lado do Cabíria Festival Audiovisual para exaltar a representatividade feminina e a diversidade no audiovisual. Além das ações presenciais, como o Prêmio Selo Elas - Cabíria -- Telecine e o workshop de Produção e Distribuição, a parceria chega ao Telecine, dentro do Globoplay ou via operadoras. De hoje, dia 25, a 31 de julho, uma cinelist com curadoria assinada em conjunto por especialistas da marca e do Cabíria reúne 10 produções, como as nacionais Três Verões, de Sandra Kogut; O Corpo É Nosso, de Theresa Jessouroun; e o documentário Alvorada, de Anna Muylaert e Lô Politi. A lista traz ainda Filhas do Sol, obra da francesa Eva Husson, exibida no Festival de Cannes, e Kiki, da sueca Sara Jordenö, documentário vencedor do prêmio Teddy no Festival de Berlim, ao retratar a cena gay negra dos Estados Unidos.

No Telecine Cult, uma maratona dá protagonismo às mulheres e à diversidade no audiovisual, destacando sua importância da direção ao elenco. A seleção reúne produções inspiradoras e é exibida na quarta, dia 27, a partir das 16h30, com A Nuvem Rosa, dirigida e roteirizada pela brasileira Iuli Gerbase. Na sequência, às 18h25, vai ao ar Rafiki, da queniana Wanuri Kahiu, que aborda como a relação das amigas Kena (Samantha Mugatsia) e Ziki (Sheila Munyiva) se transforma em um romance. É quando elas precisam enfrentar o preconceito até das famílias. Já às 20h, traz o filme nacional Ana. sem Título, de Lucia Murat, e, às 22h, a francesa Céline Sciamma é destaque com um de seus longas mais cultuados Retrato de uma Jovem em Chamas, que arrebatou no Festival de Cannes o prêmio de Melhor Roteiro e o Queer Palm. Fechando o especial, à 0h10 tem Transtorno Explosivo, com direção e roteiro da alemã Nora Fingscheidt.

Por falar em Céline Sciamma, o Cabíria promove um papo exclusivo com a artista no sábado, dia 30, às 19h, no Youtube da mostra, logo após a exibição de Pequena Mamãe, seu mais recente longa, nomeado ao Urso de Ouro no Festival de Berlim. A iniciativa integra as ações do festival e seu tradicional intercâmbio com a cinematografia francófona, em parceria com a Embaixada da França. E para os fãs da premiada cineasta, que valoriza em suas obras a presença feminina e a fluidez de gêneros, a maratona pode continuar no Telecine, dentro do Globoplay ou via operadoras, com mais sucessos de sua carreira: Retrato de uma Jovem em Chamas, Lírios D'água e Tomboy, filme vencedor do Prêmio Teddy no Festival de Berlim.

Em sua 4ª edição, o Cabíria Festival Audiovisual é realizado no formato híbrido: presencial, de 27 a 30 de julho no Centro Cultural São Paulo (CCSP) e, online, até 3 de agosto.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code