Ad Code

Caio Blat celebra estreia de 'Um Anjo Caiu do Céu' no Globoplay

Divulgação Cristiana Isidoro

As aventuras terrenas vividas pelo anjo Rafael já têm data marcada para estrear no Globoplay: dia 1 de agosto chega à plataforma a novela 'Um Anjo Caiu do Céu', como parte do projeto de resgate de clássicos da dramaturgia da plataforma. 
 
Exibida pela TV Globo em 2001, a trama, escrita por Antônio Calmon e dirigida por Amora Mautner, Dennis Carvalho e José Luiz Villamarim, tem como protagonistas os personagens João Medeiros, vivido por Tarcísio Meira, e o anjo Rafael, interpretado por Caio Blat.  "Foi muito emocionante poder interpretar o Rafael. Eu adorava o filme ‘Asas do Desejo’, que fala sobre isso, sobre a divindade e a humanidade; sobre os anjos terem inveja dos humanos, das emoções humanas. Então, sempre foi um tema importantíssimo e fortíssimo, o divino e o mistério. E eu sou uma pessoa muito espiritualizada nesse sentido. Eu acredito muito em anjos. Então, para mim, foi um personagem muito especial", lembra Caio Blat.
 
‘Um Anjo Caiu do Céu’ conta a história do fotógrafo João Medeiros que, após fotografar por acaso um líder neonazista, sofre um atentado que o deixa à beira da morte. Com o envio do seu anjo da guarda à Terra, Medeiros ganha alguns meses de vida para resolver problemas pessoais. Porém, Rafael, um anjo aprendiz e atrapalhado, encarna para ajudar seu protegido e vive a juventude humana como um mero mortal. Sofre, se apaixona, se mete em confusão e aos poucos, perde sua aura divina. Ao final da trama, ambos precisam lembrar do objetivo de suas missões na Terra para seguirem seus caminhos. Confira abaixo a entrevista com o ator Caio Blat.
 
Entrevista com Caio Blat

Qual foi sua reação ao saber que ‘Um Anjo Caiu do Céu’ iria estrear no streaming após 21 anos de sua primeira exibição?   
Caio Blat - Primeiro, eu fiquei muito feliz com essa notícia, porque é um trabalho que foi muito, muito especial na minha vida, que mudou toda minha vida, que eu sempre tive saudade de rever e eu sempre quis mostrar para os meus filhos. Meu caçula agora está com 12 anos e vai ser muito especial poder mostrar pra ele. 

Como foi interpretar um ser divino que encarna um jovem no Rio de Janeiro?   
Caio Blat - Foi muito emocionante poder interpretar o Rafael. Eu adorava o filme ‘Asas do Desejo’, que fala sobre isso, sobre a divindade e a humanidade; sobre os anjos terem inveja dos humanos, das emoções humanas. Então, sempre foi um tema importantíssimo e fortíssimo, o divino e o mistério. E eu sou uma pessoa muito espiritualizada nesse sentido. Eu acredito muito em anjos. Então, para mim, foi um personagem muito especial.

Qual a sua melhor lembrança dos bastidores de ‘Um Anjo Caiu do Céu’?   
Caio Blat - Uma lembrança muito forte foi da nossa viagem no começo da novela à Praga, que era uma cidade que eu nunca tinha ouvido falar direito, um dos lugares mais lindos do mundo. Uma mistura da Europa com o Oriente. E o tempo que a gente passou lá, toda a cultura que eu descobri, as cenas que a gente gravou.... Foi tudo incrível. Um dos momentos marcantes dessa novela foram essas viagens e imagens que a gente fez nos primeiros capítulos com o Rafael salvando a vida do personagem do Tarciso.  

Na trama, Rafael era um anjo jovem e aprendiz e na época das gravações você tinha apenas 21 anos, um jovem também. Como era trabalhar entre grandes nomes da dramaturgia brasileira como Tarcísio Meira, Renata Sorrah, Patrícia Pillar e Paulo José?  
Caio Blat - Realmente, a novela tinha um elenco estelar. Era um privilégio estar ali entre os grandes talentos; aprendi muito observando. A Renata Sorrah, que é minha ídola, o Paulo José, que o enredo misturava com o meu, o Sergio Loroza, que gravava com meu personagem e eu e Tarcísio, que criamos uma parceira muito especial. A gente encontrou um tom muito divertido de brincadeira. Um estava sempre provocando o outro e a gente acabou formando uma dupla muita improvável, muito engraçada. 

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code