Ad Code

''Lightyear'' é um spin-off de ''Toy Story'': entenda as diferenças entre os filmes

Divulgação

Lightyear – novo filme da Disney e Pixar – chega nesta quarta-feira (3) exclusivamente no Disney+. A animação é uma aventura que acompanha o lendário patrulheiro espacial após ser abandonado no planeta hostil a 4,2 milhões de anos-luz da Terra, T’Kani Prime, ao lado de sua comandante e sua equipe. Enquanto Buzz tenta encontrar um caminho de volta para casa através do espaço e tempo, um grupo de recrutas ambiciosos e o encantador gato-robô de companhia, Sox, se juntam ao herói. Para complicar a situação, Zurg, uma presença imponente, e seu exército de robôs impiedosos chegam no planeta com um compromisso misterioso.

O personagem foi criado em 1995 para o filme “Toy Story” da Pixar Animation Studios. A produção apresentou Buzz Lightyear como o novíssimo e requisitado brinquedo do Andy, que se apaixona pelo astronauta após assistir ao filme do herói.

Vinte e um anos depois, o diretor Angus MacLane se perguntava: Qual filme fez Andy implorar por um sofisticado brinquedo com lasers, golpes de caratê e asas espaciais aerodinâmicas? “Lightyear é o filme que Andy, seus amigos e provavelmente o mundo inteiro viram na época”, conta o diretor sobre o novo filme da Disney e Pixar, em exibição nos cinemas.

Sendo assim, “Lightyear” não apresenta os brinquedos favoritos que estão presentes em “Toy Story”, como: Woody, Rex, Sling, Jesse, Bala no Alvo, Senhor Cabeça de Batata, entre outros, já que é o filme que Andy assistiu quando criança. A nova produção é um spin-off (história derivada) de “Toy Story”, girando em torno da história de origem do patrulheiro espacial e apresentando novos personagens que também vão cativar o coração das pessoas, como SOX, Alisha Hawthorne, Izzy Hawthorne, Mo Morrison e Darby Steel, em uma aventura cósmica e emocionante no espaço.

“Lightyear” estará disponível exclusivamente no Disney+ a partir de 03 de agosto.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code