Ad Code


Nova temporada de 'Grandes Cenas' estreia no Curta! com trecho icônico de 'Que Horas Ela Volta?'

Divulgação

Um grande sucesso de audiência do canal Curta!, a série ''Grandes Cenas'' estreia sua segunda temporada, convidando diretores e atores a analisar cenas que marcaram o cinema brasileiro. O primeiro episódio traz a diretora Anna Muylaert para contar sobre seu processo de criação da inesquecível cena da piscina de ''Que Horas Ela Volta?'' (2015), em que a personagem Val, vivida por Regina Casé, dá início a uma catártica mudança de vida.

No episódio, Anna Muylaert comenta sobre suas decisões em diversas camadas de “Que Horas Ela Volta?”: roteiro, fotografia e construção dos personagens – sobretudo a própria Val. “Acho que a Val é um personagem complexo porque, de alguma maneira, ela também é a maior vilã do filme, à medida em que ela é a única que largou a filha por dez anos (...). Mas ela também é a maior heroína, porque ela consegue dar um grande salto. (...) No decorrer do filme quem floresce é a Val, e a cena do florescimento é a cena em que ela entra na piscina”, analisa Muylaert. A piscina, segundo ela, simboliza o espaço máximo de poder dentro de uma casa em que classes sociais estão em conflito velado.

Dividida em 13 episódios, todos apresentados pelo ator Matheus Nachtergaele, a temporada se dedica a explorar os seguintes filmes, além de “Que Horas Ela Volta?”: “Bacurau”; “Branco Sai, Preto Fica”; “Benzinho”; “Kbela”; “Bye Bye Brasil”; “As Boas Maneiras”; “O Lobo Atrás da Porta”; “Proibido Proibir”; “Castanha”; “Cidade Baixa”; “Um Céu de Estrelas” e “Rasga Coração”.

“Grandes Cenas” é dirigida por Ana Luiza Azevedo e Vicente Moreno. A produção é da Casa de Cinema de Porto Alegre viabilizada pelo Curta! através do Fundo Setorial do Audiovisual. A série também estará disponível em streaming através do Curta!On – Clube de Documentários, disponível na ClaroTV+ e em CurtaOn.com.br. A estreia é na Quarta do Cinema, 31 de agosto, às 23h30.

Alceu Valença tem sua trajetória retratada em documentário musical

“Nunca tive um ídolo! Pronto, acabou! Nem Luiz Gonzaga foi meu ídolo, ele foi uma referência”. A afirmação faz parte do documentário “Alceu – Na Embolada do Tempo” e vem da boca do próprio artista que dá nome ao filme, o cantor e compositor pernambucano Alceu Valença. A produção, dirigida por Paola Vieira, percorre 45 anos de carreira do artista e a contextualiza com a história cultural recente do Brasil.

A obra do artista e suas reflexões são apresentadas através de suas canções e depoimentos, além de vasto material de arquivo e de imagens mais recentes – a equipe do documentário acompanhou uma maratona de shows ao longo de 2018. Alceu Valença mostra vigor durante a turnê e revela seu segredo: “palco é vitamina”.  A exibição é na Segunda da Música, 29 de agosto, às 21h.

Segunda da Música (MPB, Jazz, Soul, R&B) – 29/08

21h – "Alceu – Na Embolada do Tempo'' (Documentário)

O documentário apresenta um painel da carreira do cantor e compositor Alceu Valença, através de performances ao vivo, comentadas pelo próprio e por terceiros, contextualizando sua obra singular na história cultural recente do país. Diretor: Paola Vieira. Duração: 90min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 30 de agosto, terça-feira, às 01h e às 15h; 31 de agosto, quarta-feira, às 09h; 03 de setembro, sábado, às 16h; 04 de setembro, domingo, às 22h25.

Terça das Artes (Visuais, Cênicas, Arquitetura e Design) – 30/08

22h30 – "Os Irmãos Roberto''

Integrantes da mesma geração de Lúcio Costa, Oscar Niemeyer e Affonso Eduardo Reidy, os irmãos Marcelo, Milton e Maurício, conhecidos profissionalmente como irmãos Roberto, foram os autores de marcos da arquitetura modernista brasileira, como o premiado prédio da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no centro do Rio, e o aeroporto Santos Dumont. A partir de depoimentos de arquitetos contemporâneos, a obra do trio é analisada, abarcando tanto os projetos públicos quanto os particulares, de moradias de classe média. Diretora: Ivana Mendes e Tiago Arakilian. Duração: 72 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 31 de agosto, quarta-feira, às 2h30 e às 16h30; 01 de setembro, quinta-feira, às 10h30; 04 de setembro, domingo, às 12h45.

Quarta de Cinema (Filmes e Documentários de Metacinema) – 31/08

23h30 – ''Grandes Cenas'' – 2ª Temporada - Ep. ''Que Horas Ela Volta?''

A diretora Anna Muylaert expõe seu processo de criação em “Que Horas Ela Volta?” (2015) e ressalta a importância da inesquecível cena da piscina, que marca a grande transformação da personagem Val, interpretada por Regina Casé. Direção: Ana Luiza Azevedo e Vicente Moreno. Duração: 20 min. Classificação: 10 anos. Horários alternativos: 01 de setembro, quinta-feira, às 3h30 e 17h30; 02 de setembro, sexta-feira, às 11h30; 03 de setembro, sábado, às 20h30; 04 de setembro, domingo, às 10h30.

Quinta do Pensamento (Literatura, Filosofia, Psicologia, Antropologia) – 01/09

20h30 – ''Consciência³'' (Série) - Episódio: ''A Consciência Em Si''

“Consciência³” é uma série em que pensadores refletem sobre o fenômeno universal da consciência. O quarto episódio se debruça sobre o papel fundamental da consciência na ciência, em especial em tempos de fundamentalismos de toda ordem. Para bem longe das proposições de “Terra plana” e embasado pela mais contemporânea visão científica, confronta o sapiens com o cosmos. Com Antônio Nobre, Luiz Alberto Oliveira, Luiz Marques e convidados. Direção: Renato Barbieri. Duração: 45min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 02 de setembro, sexta-feira, às 00h30 e às 14h30; 03 de setembro, sábado, às 21h; 04 de setembro, domingo, às 11h.

Sexta da Sociedade (História Política, Sociologia e Meio Ambiente) – 02/09

22h30 – ''Favela é Moda'' (Documentário)

"Favela É Moda" revela a força estética e política de jovens negros das periferias do Rio de Janeiro em busca de realização pessoal no mundo da moda. O documentário aborda a recente tendência do surgimento de agências de modelos nestas periferias e revela os dilemas, sonhos e desafios dos jovens em busca de visibilidade, distinção e ascensão social. Apresenta, ainda, uma geração que acredita na afirmação de identidades e sexualidades. O filme acompanha o desenvolvimento de modelos de uma agência que tenta reverter o cenário de sub-representação dos corpos negros e fora do padrão estabelecidos na moda.  Diretor: Emilio Domingos. Duração: 75 min. Classificação: Livre. Horários alternativos: 03 de setembro, sábado, às 02h30; 04 de setembro, domingo, às 14h15; 05 de setembro, segunda-feira, às 01h15 e às 16h35.

Sábado – 03/09

19h30 – ''Segundo Take'' (Série) – Ep.: ''Noite Vazia, com Eduardo Nunes''

Neste episódio de Segundo Take, o diretor Eduardo Nunes convida os atores André Guerreiro e Djin Sganzerla para viverem Cristina e Luisinho, personagens do filme “Noite Vazia”, de Walter Hugo Khouri, lançado em 1964. Eduardo buscou preservar a essência da cena original escolhida por ele para a regravação, mas acrescentando a ela um toque de seu estilo pessoal: o tempo alargado de planos e movimentos de câmera. Direção: Julia de Simone. Duração: 26 min. Classificação: 12 anos. Horários alternativos: 04 de setembro, domingo, às 09h30.

Domingo – 04/09

19h – ''A Música Segundo Tom Jobim''

Conheça a história do cantor e compositor Tom Jobim, considerado a principal força por trás da Bossa Nova. "A Música Segundo Tom Jobim" é um filme de montagem, que apresenta uma seleção de performances das principais canções de Tom Jobim gravadas em filmes e/ou vídeos, no Brasil e no exterior. Além dos intérpretes famosos do passado e de diversas nacionalidades e línguas, participam do filme jovens intérpretes brasileiros em cujo repertório destaca-se a obra de Tom Jobim. Diretor: Nelson Pereira dos Santos e Dora Jobim. Duração: 85 min. Classificação: Livre. 

Postar um comentário

0 Comentários


Ad Code