Ad Code

'Rensga Hits!' já está disponível no Globoplay e novos episódios chegam dias 11 e 18 de agosto

Divulgação Globoplay/Divulgação

Mulheres que empreendem. Mulheres que têm coragem para mudar o rumo e ir atrás de seus sonhos. Mulheres que levam uma rasteira, mas usam o impulso para dar a volta por cima. Mulheres fortes, que sabem reconhecer as próprias fragilidades. Mulheres talentosas, determinadas, que não se envergonham de amar e de lutar pelo seu lugar no mundo. Mulheres que se apoiam, antes de qualquer coisa. Essas e tantas outras versões de mulheres comuns e, ao mesmo tempo, extraordinárias são as peças-chave de 'Rensga Hits!', série Original Globoplay produzida pela Glaz Entretenimento.
 
Na obra, mudanças de rumo, imprevistos e algumas puxadas de tapete atravessam a trajetória das personagens, em uma divertida comédia romântica que tem o protagonismo feminino em primeiro plano e temas como sororidade, busca pelos sonhos, força e resiliência feminina no centro da narrativa. Os quatro primeiros episódios já estão disponíveis no Globoplay – e o primeiro deles ficará disponível também para não assinantes logados na plataforma até 08 de agosto. No dia 11 de agosto, dois novos episódios serão disponibilizados no Globoplay e, no dia 18 de agosto, os dois últimos, totalizando os oito episódios da série.
 
A história de ‘Rensga Hits!’ começa por Raíssa. Justo no tão sonhado dia do seu casamento, a determinada Raíssa Medeiros (Alice Wegmann) descobre que estava sendo traída pelo noivo e resolve ir embora de Lucas do Rio Claro, no interior de Goiás, e se mudar para Goiânia com a cara, a coragem e um violão em busca do sonho de ser uma grande estrela do sertanejo. Só que sua lata-velha, carinhosamente chamada de Bandida, atola no meio do caminho e as desgrameiras desse dia servem de inspiração para ela compor “Desatola a Bandida”, um modão que Raíssa toca no bar de Carol (Maíra Azevedo) – o “Espetinho da Carol” –, a primeira pessoa a dar a ela um palco na chegada à capital goiana.
 
A música acaba atraindo a atenção de Isaías (Mouhamed Harfouch), que trabalha na casa de composição Rensga Hits!. Por estar passando por um bloqueio criativo, ele precisa mostrar serviço e resolve mentir que é o compositor da música, que acaba virando um hit na voz da “agropat” Gláucia Figueira (Lorena Comparato), uma estrela em ascensão.
 
Ao ir tirar satisfação na Rensga Hits! pelo plágio que sofreu, Raíssa acaba sendo convidada para fazer parte do casting, sem imaginar que o destino a levou até ali não apenas para iniciar sua carreira de diva do feminejo, mas para descobrir que sua mãe, Maria Abadia (Lúcia Veríssimo), mentiu para ela a vida inteira e que o pai que ela achava que havia morrido antes mesmo de ela nascer, na verdade está bem vivo.
 
Além de ter que lidar com esse segredo, Raíssa fica dividida entre sua carreira e seu novo amor, Enzzo Gabriel (Maurício Destri), mais conhecido como Príncipe da Sofrência. O cantor era do casting da Rensga Hits!, mas foi trabalhar na casa de composição arquirrival, a Joia Maravilha Records, onde precisa sustentar um namoro de fachada com Thamyres (Jeniffer Dias), uma das cantoras mais famosas do Brasil.
 
A rivalidade das casas de composição
 
O pano de fundo que atravessa toda a trama é a disputa que existe entre duas casas de composição rivais: a Rensga Hits!, comandada por Marlene (Deborah Secco); e a Joia Maravilha Records, liderada por Helena Maravilha (Fabiana Karla). Mas engana-se quem acha que as duas são meras concorrentes. Marlene e Helena são inimigas mortais. Ninguém sabe ao certo como a treta começou, mas fato é que elas vivem na base do ódio há uns vinte anos e não perdem a oportunidade de atazanar a vida uma da outra. Com ótimo faro musical e tino para os negócios, as duas brigam pela liderança no mercado e pelos mais promissores talentos da música goiana. 
 
O sertanejo é delas
 
Basta conhecer um pouquinho de sertanejo para saber que alguns dos traços mais marcantes do gênero são a intensidade dos sentimentos e a identificação que as composições causam no público por tratarem de assuntos tão populares e tão comuns. E esses atributos não faltam à trama de ‘Rensga Hits!’, como conta Alice Wegmann: “É tão gostoso ler um roteiro, se identificar com as histórias e perceber: eu já passei por isso, por isso, por isso...". 
 
A atriz, que vive Raíssa Medeiros, comenta ainda que ‘Rensga Hits!’ dá destaque ao sertanejo à luz do feminejo. “As mulheres ganharam muita força no universo sertanejo, e ganham cada vez mais. Então é muito significativo contar essas histórias nesse momento. Tem muita coisa na série: muita risada, muito chororô, tem de tudo que você possa imaginar”, conta.
 
A veterana Lúcia Veríssimo, que interpreta Maria Abadia, mãe de Raíssa, complementa: “As mulheres são fortes e essa é uma série de mulheres, o que é raro. É uma série de mulheres de todas as idades, e isso é interessante porque você vê vários tipos de mulheres ali representadas”. Na trama, Maria Abadia cria Raíssa sozinha, no interior, com a ajuda das irmãs Maria Amália (Guida Vianna) e Maria Alvina (Stella Miranda), formando um núcleo familiar inteiramente feminino.
 
Seja mães solo, cantoras consolidadas, silenciadas ou em início de carreira, o universo da complexidade feminina em ‘Rensga Hits!’ é amplo, inclusive o das mulheres que empreendem. E dentre elas está a efusiva Helena Maravilha, interpretada por Fabiana Karla. “Muitas mulheres precisam das suas vozes amplificadas e eu acho que o meu personagem amplifica muitas vozes femininas. A Helena Maravilha é uma potência. Ela é uma mulher que fecha negócio, ela é dona da vida dela, ela faz o que ela quer e eu acho que isso é muito bom para a gente disparar esses gatilhos em outras mulheres; mostrar que elas podem ser o que elas quiserem.”
 
Para Deborah Secco, que dá vida a também empresária Marlene, “‘Rensga Hits!’ é uma história bastante profunda com temas que precisam ser debatidos hoje. É um passinho importante que estamos dando e estou muito feliz de fazer parte desse movimento”. Lorena Comparato, intérprete da espevitada Gláucia Figueira, destaca que o bom-humor fará o público se identificar ainda mais com a obra. “As pessoas podem esperar muita música boa, humor, diversão, drama e uma história que vai pegar! Eu tenho certeza de que as pessoas não vão conseguir parar de assistir”, aposta.
 
‘Rensga Hits!’ traz em suas tramas paralelas outros temas que dialogam diretamente com o protagonismo feminino, que envolvem feminismo e o enfrentamento à cultura machista e à homofobia. Deivid Cafajeste (Alejandro Claveaux) é um cantor que tem a imagem associada a um mulherengo convicto que, na verdade, esconde que é homossexual. Sua vida muda quando ele se apaixona e é rejeitado pelo segurança Kevin (Samuel de Assis), muito bem assumido e que se recusa a viver um relacionamento no armário. Deivid vai viver uma transformação pessoal, que passa por criar coragem para romper com a sua persona pública e declarar que o Cafajeste também ama... e o seu amor se chama Kevin. “Esse personagem é muito bem escrito porque ele faz essa transição de uma maneira muito orgânica, verdadeira e linda”, afirma o ator Alejandro Claveaux.
 
Outro destaque nas temáticas da série é o papel da mulher no mercado de trabalho, representado pela história de Thamyres (Jeniffer Dias). Gêmea de Theo (Sidney Santiago Kuanza), com as mesmas atribuições do irmão e, cá entre nós, fazendo bem mais do que ele, ela acaba descobrindo que recebe menos. Esse é o gatilho para ela dar uma reviravolta na própria vida e na carreira. Para a atriz, “‘Rensga Hits!’ é revolução! A série tem um pouco de tudo: ela fala de machismo, de mulheres escrevendo, à frente, cantando. É revolução”.
 
Da ostentação ao sertanejo raiz. Da sofrência ao modão. Do drama ao humor. ‘Rensga Hits!’ chega preparada para fisgar o coração do país e fazer o povo cantarolar os hits originais que fazem parte da trilha da série. Um trabalho feito com todo o carinho, gravado em Goiânia. Do coração do Brasil direto para o Globoplay. “O público vai receber uma série feita com muito amor e com um grande compromisso social de falar sobre o protagonismo das mulheres, sobretudo na música, e na música sertaneja. Uma série que se conecta com o momento que a gente está vivendo”, define o ator Sidney Santiago Kuanza.
 
Diretamente do mundo sertanejo para ‘Rensga Hits!’, também participam da série Naiara Azevedo, Gali Galó, Gabeu e Rafa Kalimann, que interpreta a influenciadora digital Paloma, uma top celebridade em Goiás. Já o ator Ernani Moraes dá vida a José Roberto Guarariba, pai da cantora Gláucia Figueira (Lorena Comparato), e Ivan Mendes é Rodrigo, noivo que Raíssa abandona no altar.
 
Música, humor e coração
 
O elenco de ‘Rensga Hits!’ teve meses de ensaios e preparação vocal e instrumental até o início das gravações, tanto das cenas da série como das músicas originais em estúdio. E o resultado está na tela. Toda essa dedicação refinou a obra, com um time que soltou a voz e esbanjou talento ao longo dos oito episódios, imprimindo a autenticidade que o sertanejo exige para conquistar os milhões de fãs do gênero pelo Brasil.
 
Como bem avalia o ator Mouhamed Harfouch, que interpreta o compositor Isaías, “‘Rensga Hits!’ é uma série musical. É uma série que toca a gente pelo coração, pelo ouvido, pela escuta e pelo sentimento. Eu acredito que ela vai, como qualquer composição que você compõe e joga para o universo, abraçar muitos corações e muitos afetos”.
 
‘Rensga Hits!’ é uma série Original Globoplay produzida pela Glaz Entretenimento com criação de Carolina Alckmin e Denis Nielsen, redação final de Renata Corrêa, roteiros de Bia Crespo, Nathalia Cruz, Otavio Chamorro, Renata Corrêa e Victor Rodrigues, com direção de Carolina Durão e Leandro Neri e direção geral de Leandro Neri, com produção de Mayra Lucas.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code