Ad Code

Telecine celebra o Dia Mundial da Fotografia com dicas de filmes marcados pela arte que eterniza momentos

Reprodução

Do roteiro ao elenco, do figurino à trilha sonora, das locações às imagens. São inúmeros os elementos que compõem a atmosfera de um filme para proporcionar ao público uma imersão completa na trama. E para entrar no clima do Dia Mundial da Fotografia, celebrado nesta sexta, 19, o Telecine monta uma seleção de títulos em que essa arte, tão essencial na construção de produções audiovisuais, ganha destaque.

As dicas começam com o documentário nacional Iluminados, de Cristina Leal. A diretora propôs um desafio a seis profissionais renomados que entendem tudo do papel da fotografia no cinema. Edgar Moura, Fernando Duarte, Pedro Farkas, Walter Carvalho e os saudosos Dib Lutfi e Mario Carneiro aceitaram a proposta e filmaram a mesma cena, partindo de escolhas pessoais.

Além de mestres da fotografia da vida real, a lista traz fotógrafos da ficção que usam seus olhares apurados e sensíveis para registrar diferentes situações, como Chris, interpretado por Daniel Kaluuya no aclamado Corra!. Em Cidade de Deus, ícone do cinema nacional que completa 20 anos no fim de agosto, Buscapé (Alexandre Rodrigues) encontra na paixão pela câmera um futuro promissor e retrata a realidade da comunidade carioca onde mora, desde quando o tráfico começa a dominar o lugar. Do Rio de Janeiro para Mumbai, na Índia, Retrato do Amor mergulha na cultura do país asiático. No filme, Rafi (Nawazuddin Siddiqui) trabalha como fotógrafo em pontos turísticos clicando anônimos. Quando é pressionado por sua avó a se casar, seguindo as tradições da família, o personagem convence Miloni (Sanya Malhotra), uma tímida mulher que ele fotografou, a fingir ser sua noiva. Já no suspense brasileiro Albatroz, Alexandre Nero dá vida a Simão, que vê sua rotina se transformar quando registra imagens de uma tentativa de atentado.

E quem é cinéfilo sabe, o universo mágico da sétima arte se torna ainda mais especial quando vem acompanhado de uma fotografia irretocável. No catálogo do Telecine, dentro Globoplay e via operadoras, três filmes de diferentes décadas se destacam por sua fotografia, que lhe renderam um Oscar. Nos anos 1930, o drama romântico Tabu roubou a cena na premiação, enquanto em 1953, foi a vez do faroeste Os Brutos Também Amam. O consagrado A Lista de Schindler (1993), de Steven Spielberg, também pode ser assistido a qualquer momento.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code