Ad Code


Artistas que fizeram história na música brasileira se encontram no palco do 'Altas Horas'

Divulgação Globo

Um time de artistas que marcaram a música brasileira e fizeram sucesso em programas de auditório entre os anos 1970 e início dos 2000 ocupam o palco do 'Altas Horas' deste sábado, dia 10. O programa recebe Adryana Ribeiro, Byafra, Dalto, Lady Zu, Lilian Knapp, Luciano Nassyn, Marcos Sabino, Markinhos Moura, Silvio Brito, Sula Miranda, Sylvinho Blau Blau e Vavá, e além de relembrar passagens memoráveis dos convidados pela Globo, os convida a cantarem os principais hits acompanhados da banda Altas Horas.
 
Adryana Ribeiro faz uma homenagem a Arnaldo Saccomani ao cantar “Fica Comigo”, música produzida por ele. Byafra conta a história de um de seus principais sucessos, “Sonho de Ícaro”, antes de cantá-la: “Essa música não era para mim. Foi composta pelo Piska para o Ney Matogrosso por causa dos agudos, mas o Ney não quis. Aí ele me mostrou e falei ‘eu quero!’”, diz. Dalto apresenta a canção “Muito Estranho (Cuida Bem de Mim)” e Lady Zu “A Noite Vai Chegar”.
 
Lilian, por sua vez, além de recordar o início da carreira na Jovem Guarda, dedica a música que canta a Renato Barros, líder da banda Renato e Seus Blue Caps. “Uma das vezes que vim aqui, vim com ele. O mais legal é que namorávamos, fomos noivos, e essa música, a ‘Devolva-me’, fizemos juntos. Renato foi muito importante para a minha carreira, foi o grande amor da minha adolescência [...]. Dia 27 seria o aniversário dele, mas a gente não esquece nunca”, expõe. Luciano Nassyn, ex-Trem da Alegria, também destaca uma de suas parcerias, com Patrícia Marx: “[...] ingressei em festivais e fui escolhido para o Trem da Alegria junto com a Paty e o Bill. Fiquei cinco anos do Trem [...], e hoje a Paty e eu temos o projeto Trem da Alegria Celebration, em que revivemos essa alegria”, conta antes de apresentar “Uni, Duni, Tê” e “He-Man”.
 
Marcos Sabino, que começou na música com apenas 8 anos, e a carreira com 19, traz o clássico “Reluz”. Sula Miranda mostra a música que lhe deu o título de Rainha dos Caminheiros, “Caminhoneiro do Amor”; e Markinhos Moura canta “Meu Mel”.
Silvio Brito adianta algumas novidades, como o documentário que celebra os 50 anos de carreira, e apresenta um pot-pourri de “Espelho Mágico”, “Pare O Mundo Que Eu Quero Descer” e “Tá Todo Mundo Louco”. Vavá também comenta o próximo lançamento com o irmão, Márcio: “Agora vamos gravar um álbum novo. São dez faixas, seis com convidados e quatro inéditas”, e mostra um novo arranjo de “Morango do Nordeste”.
 
Já Sylvinho Blau Blau fala de sua apresentação no Rock in Rio de 2001: “foi a terceira edição, e foi um momento muito especial. Com o Rock in Rio deu um gás danado, porque tinham outras bandas emblemáticas, como Biquini Cavadão e Nenhum de Nós, e partir dali vieram as festas temáticas”, e canta “Meu Ursinho Blau Blau”.
 
O ‘Altas Horas’ tem apresentação e direção geral de Serginho Groisman, direção de Adriana Ferreira e vai ao ar aos sábados depois de ‘Pantanal'. 

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code