Ad Code


Final de Hot Wheels Legends será transmitida este final de semana no SBT

Divulgação Beto Carrero World

A segunda edição de Hot Wheels Legends chega em sua etapa final no Brasil no dia 25 de Setembro, às 9h, com transmissão do SBT diretamente da área Hot Wheels no Beto Carrero World e Benjamin Back como apresentador. Após a exibição pela TV aberta, o programa completo estará nos canais oficiais do Youtube e Facebook do SBT. 
 
A bancada de juízes contará com a presença inédita de uma mulher, Michelle de Jesus, apresentadora do programa ‘Oficina Motor’, e outras estrelas, como Gui Nobre, Boquinha e Danilo Crespo, que integram um time de experts em automobilismo para a avaliação e escolha do carro mais radical do País! Além da melhor customização, nível de criatividade e inovação que também fazem parte do critério do famoso concurso.

O vencedor brasileiro participará da etapa global, a ser realizada em Los Angeles neste ano, e poderá tornar-se a próxima lenda da marca de carrinhos mais famosa do mundo.

O primeiro lugar do Hot Wheels Legends global terá seu carro transformado em um die-cast, escala 1:64, da Hot Wheels e será vendido em todo o mundo.

Conheça os 5 finalistas do concurso! Para quem você vai torcer?

Norberto + Truck Fargo de 1948

Beto Carrero World

Aos 58 anos, Norberto Jensen é um apaixonado por carros desde criança. Mas foi há 30 anos que ele resolveu se tornar um customizador profissional de automóveis e apostou em uma oficina na Zona Leste de São Paulo, hoje referência em recuperação e transformação de carrocerias de aço e fibra de vidro. A participação no concurso foi um presente do filho Vitor, de 17 anos, que conta que inscreveu o pai no ano passado, mas não foi selecionado e que finalmente esse ano ficou entre os finalistas. O jovem também foi responsável por ajudar o pai na construção e customização do Truck Fargo de 1948, que tem estilo Rat e chama atenção nas ruas por ser bastante despojado.

Batistinha + Ford Maverick

Beto Carrero World

O empresário paulista Luiz Fernando Baptista, de 53 anos, conhecido como Batistinha, inscreveu o Ford Maverick de 1976 para homenagear seu pai, proprietário do carro que há anos se dedica a customizar o automóvel. No autódromo de Interlagos, ele conta que seu possante é conhecido pelo público por ser um dos mais rápidos, além do seu Maverick ser considerado o carro de corrida mais antigo em atividade no Brasil. Na primeira fila da torcida, é claro, está seu pai.

Eduardo + KART1000CC

Beto Carrero World

Apaixonado por carros desde pequeno, o customizador e empresário Eduardo Maynarto, de 44 anos, mora em Porto Alegre e conta que costuma comprar Hot Wheels principalmente para incentivar os filhos, de 2 e 7 anos, a seguirem sua paixão de infância. Sobre o Kart, inscrito no concurso, ele conta que teve a ideia de criar o veículo após assistir a um vídeo de customização que assistiu no Youtube. Foi quando nasceu o KART1000CC, nas cores azul e vermelha e com motor de 180 cavalos, capaz de percorrer até 250km/hora. Eduardo sonha em ganhar o concurso Hot Wheels Legends por dois motivos: inspirar outras pessoas e principalmente os filhos, que hoje vivem na cidade de Encanto (RS), que fica a 2h de distância da capital do estado.

Ruan + Passat do Milico

Beto Carrero World

Ruan Teixeira ou “Milico”, como é mais conhecido em sua cidade natal, de 28 anos, vai viajar com sua namorada por mais de 700 km, diretamente de Esteio, no Rio Grande do Sul, até o parque Beto Carrero World, onde será a final do concurso Hot Wheels Legends Brasil. A bordo do seu Passat, conhecido como “Milico”, o customizador está animado e confiante com o resultado. Ele comprou seu carro em Porto Alegre em 2018, totalmente original e com os estofados na cor marrom, resolveu começar a modificar o veículo sozinho dentro da garagem da sua casa. Para manter a cor original por dentro do carro, Ruan incluiu um novo motor na cor marrom para combinar com a paleta do seu Passat. A surpresa épica da história do Milico do Ruan é que o motorista conta que descobriu, por coincidência, que o seu.

Erson + Puma

Beto Carrero World

O customizador e pedreiro Erson Martello, de 32 anos, de Serafina Corrêa (RS), levará para a competição um Puma GTE, que há 16 anos pertence à sua família. O finalista conta que quando sua família comprou o veículo, o mesmo

estava sem a frente e a traseira, e não andava. E finalmente, após seis anos de reparos e implementações de novas peças, os motores foram ligados e ganharam as ruas da cidade de 18 mil habitantes. Seu maior sonho? Ter o Laranjão, apelido do carro, transformado em um Hot Wheels die-cast em escala 1:64. Passat pertenceu a sua família há 25 anos atrás e hoje ele faz história e está em busca do primeiro lugar do concurso.

Postar um comentário

0 Comentários


Ad Code