Ad Code


Produção documental Rotas da Liberdade estreia na TV Brasil

Divulgação

Os atrativos do roteiro turístico da Via Liberdade ganham destaque na programação da TV Brasil a partir deste domingo (25), às 18h30. A emissora lança o seriado Rotas da Liberdade na sua faixa semanal de obras documentais. A produção estreia com um episódio especial sobre a cidade mineira de Ouro Preto. O conteúdo inédito é exibido logo após a série Meu Pedaço do Brasil, atração original que está no ar às 18h.

Considerado um dos maiores itinerários turísticos do país, o caminho da recém-inaugurada Via Liberdade percorre a BR-040, rodovia que liga o Rio de Janeiro a Brasília, e passa por municípios de Minas Gerais e Goiás. Com mais de 1.100 quilômetros, o trajeto encanta pelas belezas naturais e construções históricas.

Com 13 edições, a primeira temporada da produção Rotas da Liberdade atravessa Minas Gerais, estado que abriga o maior trecho do percurso. A viagem é conduzida pelo jornalista Samuel Guimarães que revela destinos conhecidos e outras localidades ainda a serem desbravadas nessa jornada repleta de aventuras.

Produzido pela Rede Minas em parceria com a TV Brasil, o programa apresenta janela nacional após estreia no início de setembro no canal mineiro que integra a Rede Nacional de Comunicação Pública (RNCP). A atração destaca história, arte, cultura e gastronomia típicas das regiões visitadas na série documental. 

Riqueza histórica e ambiental

Os episódios semanais fazem um circuito pelo entorno da Via Liberdade. A ideia é pegar a estrada para traçar um panorama sobre os principais destinos que cruzam a BR-040 com foco não apenas nos bens materiais, mas principalmente no conhecimento intangível que preserva o meio ambiente e a memória.

O seriado traz um olhar atento sobre as cidades e distritos que se encontram na direção por onde a importante rodovia passa. Os locais reúnem parcela significativa do patrimônio tombado do Brasil. A produção Rotas da Liberdade descobre curiosidades regionais, valoriza a culinária e indica aspectos da cultura local.

Além da riqueza natural do interior, o roteiro é farto em simbologias e edificações de rara beleza. Atraentes para os visitantes, esses lugarejos guardam vasto conhecimento imaterial. Os municípios têm incríveis histórias míticas que são mantidas de geração em geração por um povo simples e hospitaleiro.

Experiência compartilhada

Guia da viagem proposta pela série Rotas da Liberdade, Samuel Guimarães é um turista apaixonado. Durante o trajeto, ele conhece personagens anônimos marcantes. O apresentador conversa com pessoas que mantêm viva a essência dos ancestrais em povoados escondidos nos confins do território nacional.

O público pode vivenciar diversas experiências por meio das andanças feitas pela equipe no interior de Minas Gerais. O programa ressalta o papel da educação para a transformação social e mostra como os moradores transferem o conhecimento.

A atração acompanha o trabalho de gente humilde que compartilha o extenso conhecimento adquirido com os antepassados. São iniciativas que propagam a cultura do estado e a história dos povoados, mas também geram renda.

O talento de quem ama o que faz tem vez no seriado em cartaz na TV Brasil. O programa visita pessoas que explicam o processo de cozimento de ingredientes típicos para receitas saborosas. O modo de fazer delícias da culinária mineira como o pão de queijo podem ser aprendidos com paciência e boa vontade.

No decorrer das edições, a produção mostra como artistas locais explicam técnicas de pintura enquanto artesãos ensinam o ofício da costura em crochê. Filhos ilustres do estado como o escritor Guimarães Rosa e a cantora Clara Nunes também têm sua obra destacada na programação exibida na telinha.

Ouro Preto: circuito inaugural

Patrimônio mundial, o histórico município de Ouro Preto é o destino que inicia a primeira temporada do seriado Rotas da Liberdade. A produção destaca fatos relacionados à cidade e joga luz sobre registros importantes para a memória brasileira.

Para relatar esses acontecimentos, o jornalista Samuel Guimarães tem o apoio de Peterson Bruschi, historiador que recorda episódios da cultura mineira preservada nas ladeiras. A série oferece uma visão apresentada por quem entende do passado tão rico da antiga capital do estado.

Autor de livros sobre a região, o pesquisador Alex Bohrer também conta curiosidades. O programa ainda examina lugares já conhecidos, mas traz passeios por novos rumos. Um deles é a mina situada no quintal de uma casa. Com mais de 500 metros de extensão, o local abriu as portas à visitação há poucos anos.

A TV Brasil exibe a produção documental aos domingos, às 18h30, logo depois da série Meu Pedaço do Brasil, atração temática e original da emissora pública, que entra no ar às 18h. Os episódios semanais de Rotas da Liberdade têm janela alternativa na programação durante a madrugada de domingo para segunda, à 1h30. O telespectador ainda pode conferir o seriado na Rede Minas, às quintas, às 20h.

Postar um comentário

0 Comentários


Ad Code