Mauricio de Sousa relembra negativa no início de carreira como cartunista: ''Desenho não dá futuro para ninguém''

Divulgação RedeTV!

Empresário, cartunista e criador de uma das histórias mais famosas em todo o mundo, a 'Turma da Mônica', Mauricio de Sousa é o convidado da apresentadora Daniela Albuquerque no ‘Sensacional’ (RedeTV!) desta quinta-feira (27), exibido às 23h.

As histórias em quadrinhos de Mauricio de Sousa ganharam admiradores em 40 países e foram traduzidas para mais de dez idiomas, levando para a infância de milhões de leitores a Mônica, a Magali, o Cebolinha, o Cascão e tantos outros personagens criados pelo artista.

“Eu poderia pensar que estou no meio de uma gigantesca sala de aula com crianças de todo o jeito, tipo, raça e de todas as maneiras de se representarem e de acompanharem o que nós estamos trabalhando nestes mais de 50 anos”, pondera o cartunista sobre o sucesso com o público, que muitas vezes aprendeu e ainda aprende a ler com suas obras.

Aos 87 anos, comemorados nesta quinta-feira, Mauricio de Sousa conta que sempre sonhou em trabalhar com desenhos e, aos 18 anos, tentou ingressar pela primeira vez na profissão que o consagrou. "Treinei bastante e fiz um bloco com desenhos para oferecer em um local que pudesse me contratar. Fui até um jornal e lá tinha um diretor de artes muito famoso, um dos mais conhecidos do país. Resolvi mostrar para ele os desenhos e sugerir que me contratasse." 

"Ele pegou o meu bloco, olhou bem e falou: ‘Sabe o que é, menino? Desenho não dá futuro para ninguém, não dá dinheiro. Sugiro a você que faça qualquer outra coisa da vida’", compartilha o cartunista, que desde dos anos de 1950 produz gibis contando as aventuras da turminha do Bairro do Limoeiro. Devido ao sucesso, o autor viu sua criação ganhar vida também em filmes live-action.

"Devo ter ficado com uma expressão tão diferente, que eu ia passando pela redação e um jornalista me chamou: 'Menino, vem aqui. O que houve com você?'", recorda, comentando ainda que o repórter o aconselhou a aceitar um trabalho fora da área desejada para criar uma rede de networking até chegar ao cargo almejado.

Com a negativa à vaga de cartunista, Mauricio passou a integrar a equipe de copydesk do jornal. “Aconteceu exatamente o que ele falou. Comecei a fazer amizade e depois que passei pelo trabalho de revisão de texto, surgiu uma vaga como repórter policial, falei: ‘Nunca pensei nisso, mas repórter policial é a mesma coisa que um aventureiro, vai ter história igual aos detetives americanos dos quadrinhos’”, afirma ele. Na época, encarou o desafio. 

"Detalhe, avisei o pessoal que eu tinha um pequeno problema: não posso ver sangue que desmaio", pondera Mauricio, que na sequência pediu demissão para ser desenhista de história em quadrinhos no mesmo veículo. “Eles aceitaram”.

Esta edição do 'Sensacional' recebe ainda a atriz Vera Fischer. As entrevistas completas vão ao ar nesta quinta-feira (27), às 23h, na RedeTV!.

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato