Dia da Visibilidade Trans ganha programação especial no Canal Brasil durante todo o mês de janeiro

Divulgação

Dia 29 de janeiro é o Dia da Visibilidade Trans e o Canal Brasil preparou uma mostra especial que será exibida durante todo o mês. A seleção inclui produções dirigidas, escritas, interpretadas ou protagonizadas por homens e mulheres trans que mostram como o cinema brasileiro retrata o talento, os dramas e as questões sociais desta comunidade. A programação especial vai ao ar a partir do dia 1º e se estende por todos os domingos (22h) e segundas (18h) do mês.

Entre os destaques da mostra estão o inédito "Eu, Um Outro" documentário de Silvia Godinho que acompanha a vida de três homens trans: Luca, Thalles e Raul; e "Transversais", de Emerson Maranhão, mais uma estreia do canal, com depoimentos de quatro pessoas trans que contam sobre seus processos de descoberta e aceitação e o sofrimento com o preconceito e o estranhamento das pessoas.

Outras atrações que serão exibidas na programação especial são "Bixa Travesty" (2018), documentário de Claudia Priscilla e Kiko Goifman sobre Linn da Quebrada; "Alice Júnior" (2019), filme de Gil Baroni sobre o drama da jovem trans youtuber; "Rogéria - Senhor Astolfo Barroso Pinto" (2018), de Pedro Gui; e o curta "Tea For Two" (2018), de Julia Katharine, o primeiro filme dirigido por uma pessoa trans a entrar no circuito comercial brasileiro. Também participam da mostra as séries "Toda Forma de Amor" (2019), de Bruno Barreto; "Nós"(2020), de Anne Pinheiro Guimarães; e "Transgente" (2019), de Adriana L. Dutra e Malu de Martino. 

Confira a programação completa: 

Preciso Dizer que Te Amo (2018) (13’)
Horário: domingo, 01/01, às 22h
Classificação: 12 anos
Direção: Ariel Nobre

Sinopse: O documentário aborda o suicídio entre as pessoas transexuais. A relação dos personagens com o corpo, a vida e o sagrado é retratada de forma poética.

Berenice Procura (2014) (108’)
Horário: domingo, 01/01, às 22h15
Classificação: 14 anos
Direção: Allan Fiterman

Sinopse: A taxista Berenice está acostumada a passar horas e horas pelo trânsito caótico da cidade do Rio de Janeiro. Consumida pela profissão, o pouco tempo que tem de sobra, ela se divide entre a criação do filho Thiago e sua conturbada relação com o marido. O assassinato de Isabelle, uma travesti, na praia de Copacabana, desperta um lado investigativo e muda sua vida.

Maratona: Transgente (2019) (6 X 25')
Horário: segunda, 02/01, às 18h 
Classificação: 14 anos
Direção: Adriana L. Dutra e Malu de Martino

Sinopse: Série documental aborda seis histórias de luta e sobrevivência do universo transgênero no Brasil.

Inabitável (2020) (19’)
Horário: domingo, 08/01, às 22h
Classificação: 10 anos
Direção: Enock Carvalho e Matheus Farias

Sinopse: Marilene procura por sua filha Roberta, uma mulher trans que está desaparecida. Enquanto corre contra o tempo, ela descobre uma esperança para o futuro.

Bixa Travesty (2019) (75’)
Horário: domingo, 08/01, às 22h20
Classificação: 18 anos
Direção: Kiko Goifman e Claudia Priscilla

Sinopse: Linn da Quebrada, cantora e ativista trans, faz de sua arte e da própria vida um ato político e libertário para a militância LGBTQ+. O documentário coproduzido pelo Canal Brasil em parceria com a Válvula Produções tem a performer como ponto central de uma discussão ampla sobre identidade de gênero, homofobia, fluidez sexual e padrões sociais, tudo isso a partir de uma mescla de momentos que vão desde a vida privada e caseira da artista, encenações em banheiros e saunas até os espetáculos extravagantes por ela realizados.

Luana Muniz – Filha da Lua (2021) (79’)
Horário: segunda, 09/01, às 18h 
Classificação: 14 anos
Direção: Rian Córdova e Leonardo Menezes

Sinopse: Luana Muniz tem uma rotina dividida entre a prostituição, a militância LGBT e shows em cabarés. Depois de participar do programa Profissão Repórter, a moça ficou conhecida em todo o Brasil como a Rainha da Lapa.

Jéssika (2020) (19’)
Horário: domingo, 15/01, às 22h
Classificação: 12 anos
Direção: Galba Gogóia

Sinopse: Jéssika é uma jovem travesti que, anos depois de ter deixado sua cidade natal, no Nordeste, decide voltar. Ao longo do caminho dessa viagem, ela faz muitas descobertas sobre a vida e, acima de tudo, sobre ela mesma.

Alice Júnior (2020) (86’)
Horário: domingo, 15/01, às 22h20
Classificação: 14 anos
Direção: Gil Baroni

Sinopse: Alice Júnior é uma youtuber trans cercada de liberdades. Depois de se mudar com o pai para uma pequena cidade que parece ter parado no tempo, a jovem precisa sobreviver ao preconceito para dar seu primeiro beijo.

Transversais (2021) (84’)
ESTREIA 
Horário: segunda, 16/01, às 18h 
Classificação: 10 anos
Direção: Emerson Maranhão

Sinopse: Neste documentário comovente, pessoas trans de diferentes origens, contextos e classes sociais compartilham histórias e perspectivas sobre a autoaceitação.

Bonde (2019) (18’)
Horário: domingo, 22/01, às 22h
Classificação: 14 anos
Direção: Asaph Luccas

Sinopse: Três jovens negros da favela de Heliópolis saem em busca de refúgio na vida noturna LGBT+ do centro da cidade de São Paulo.

Maratona: Toda Forma de Amor (2019) (5 X 40')
Horário: domingo, 22/01, às 22h20
Classificação: 16 anos
Direção: Bruno Barreto

Sinopse: A série de Bruno Barreto explora as múltiplas possibilidades de afeto no universo LGBTQIA+.

Rogéria, Senhor Astolfo Barroso Pinto (2019) (82’)
Horário: segunda, 23/01, às 18h
Classificação: 14 anos
Direção: Pedro Gui

Sinopse: O documentário conta a vida e a trajetória artística de Rogéria a partir da dualidade entre artista e personagem. Passando por todos os momentos da vida da transformista, o filme mescla dramatizações de etapas de sua vida e depoimentos de artistas brasileiros, como Betty Faria, Jô Soares e Bibi Ferreira.

Tea For Two (2018) (25’)
Horário: domingo, 29/01, às 22h
Classificação: 12 anos
Direção: Julia Katharine

Sinopse: Silvia é uma cineasta de meia-idade em crise com sua vida. Na mesma noite em que é surpreendida pela visita da ex-exposa, que a largou há alguns anos, conhece uma outra mulher que a fascina.

Maratona: Nós (2020) (6 x 25’)
Horário: domingo, 29/01, às 22h25
Classificação: 16 anos
Direção: Anne Pinheiro Guimarães

Sinopse: Criada por David França Mendes e Rodrigo Ferrari e com direção geral de Anne Pinheiro Guimarães, a série “Nós” discute fluidez de padrões de gênero, sexualidade e homofobia a partir da rotina de uma família na qual múltiplas possibilidades de afeto fazem parte do cotidiano. A produção é protagonizada por Fernando Eiras, Fabia Mirassos e Maria Léo Araruna.

Eu, Um Outro (2022) (110’)
INÉDITO
Horário: segunda, 30/01, às 18h
Classificação: 14 anos
Direção: Silvia Godinho

Sinopse: Luca está em busca de um antigo amor, Thalles quer mudar de nome e Raul deseja ser um homem melhor. Eles se encontraram em seus novos corpos, mas precisam sobreviver no país que mais mata pessoas transgênero.

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato