TV Brasil estreia obras inéditas do Prodav TVs Públicas

Foto: Divulgação TV Brasil

A nova programação da TV Brasil vai trazer ao público produções regionais independentes realizadas por meio do edital do Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual Brasileiro (Prodav) TVs Públicas. Essas atrações inéditas ganham janela na telinha em rede nacional a partir desta segunda, dia 4 de março. Alguns dos destaques são a sitcom cearense Se Avexe Não, o seriado Mashup à Brasileira, a obra documental Voz da Pele, a produção gaúcha Filhos da Liberdade e o desenho Gildo, entre outros.  

O canal apresenta animações infantis exclusivas na sessão TV Brasil Animada; tramas de ficção em uma segunda faixa dedicada à dramaturgia, em horário nobre, às 21h; e títulos de caráter documental. A iniciativa estimula o conteúdo audiovisual desenvolvido por profissionais da área que atuam em todo o país e valoriza as produções contempladas na chamada.  

O Prodav é uma parceria entre a Agência Nacional do Cinema (Ancine), Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) para incentivar a produção regional e independente. A proposta é ofertar esse conteúdo para as emissoras públicas de televisão. A EBC distribui o material ao disponibilizar as obras para todas as emissoras de televisão do campo público que aderirem ao projeto. 

"O edital do Prodav TVs Públicas foi lançado em 2018 e censurado pelo governo anterior. Nós retomamos no início de 2023, após reuniões com a Ancine e a Secretaria de Audiovisual (SAV). A partir daí, a equipe da Diretoria de Conteúdo e Programação dedicou enorme esforço para contactar os produtores, indicando que as obras precisavam ser entregues. Os produtores se mobilizaram para fazer acontecer. E o nosso time tem feito toda a supervisão das entregas e validação técnica do material - um trabalho que em outras edições deste edital foi feito por uma unidade técnica especializada.  Agora esse conteúdo começa a chegar na tela da TV Brasil, em horário nobre, o que nunca havia acontecido. São obras inéditas de conteúdo infantil, documentários e dramaturgia", explica Antonia Pellegrino, Diretora de Conteúdo e Programação da EBC.

Programação infantil

Voltada ao público infantil, a faixa de programação TV Brasil Animada tem duas estreias com produções contempladas pelo Prodav TVs Públicas: a animação Gildo e a série Minha Casa, Nosso Mundo. As novidades são exibidas na sessão apresentada de segunda a sábado, entre 7h e 11h30.  

O desenho Gildo é estrelado por um carismático elefante. Com 20 episódios de 13 minutos, a série foi inspirada na obra da autora Silvana Rando. O personagem tem um "poder mágico": toda vez que surge uma dúvida, ele se concentra, respira fundo e tira um livro de trás das orelhas. Com sua turminha, Gildo vive muitas aventuras.  

O seriado Minha Casa, Nosso Mundo revela a troca de vivências entre crianças de várias partes do Brasil. A proposta é mostrar como elas lidam com outras realidades ao visitar por alguns dias lugares com cultura e natureza diferentes das que estão acostumadas.  

Nova faixa em horário nobre 

A TV Brasil amplia a faixa de dramaturgia com obras do Prodav no horário nobre. A nova programação da emissora pública estreia a novela turca "Um Milagre", de segunda a sábado, às 20h. Após a produção estrangeira, às 21h, as obras nacionais independentes de ficção têm espaço na telinha.  

Às quartas, o destaque é a comédia Se Avexe Não, trama que acompanha os divertidos dramas da rotina de uma família cearense. Com 10 capítulos de 26 minutos, a sitcom tem exibição semanal e mostra como os personagens lidam com conflitos inerentes a muitas famílias brasileiras. A produção pode ser acompanhada, também, em horário alternativo aos sábados, às 13h30.  

A ficção abre espaço para a série documental Voz da Pele, conteúdo que vai ao ar às quintas, às 21h, em cinco edições de 26 minutos. A obra parte de discursos escravagistas e abolicionistas da mídia e de personagens da época próxima à Lei Áurea, em 1888, ao mesmo tempo que narra a história de personagens negros protagonistas em suas lutas pela liberdade, na imprensa negra e nas ruas das cidades.

O seriado discute como aquele período e aquelas vozes silenciadas ainda ecoam nos dias de hoje. A produção Voz da Pele traz depoimentos de importantes pensadores negros da atualidade como Muniz Sodré, Rosane Borges, Flavio Gomes, Katiúscia Ribeiro, Rosana Paulino, Ana Flavia Magalhães, Renato Nogueira, Alexya Salvador, Veronica Oliveira, Mônica Lima e Paco Gomes.  

Às sextas, o destaque é a trama de dramaturgia Filhos da Liberdade. A atração revela a saga fictícia do Quilombo Montes Claros. Na história, passado e presente se entrelaçam numa história sobre a busca pela liberdade. Exibida na faixa de 21h, a série Filhos da Liberdade tem cinco episódios de 26 minutos.  

Atrações documentais

A nova grade da TV Brasil destaca duas obras documentais na noite de terça-feira. Às 23h, o seriado Dramaturgias pauta o universo das manifestações culturais a partir da produção teatral nacional. Em seguida, às 23h30, Alimentando a Alma foca em tradições, rituais e a magia associados ao ato de cozinhar.  

Com 13 programas de 26 minutos, Dramaturgias trata de peças clássicas do teatro brasileiro. A atração aborda textos escritos por autores como Nelson Rodrigues, Plínio Marcos, Gianfrancesco Guarnieri, Ariano Suassuna, Vinícius de Moraes, Dias Gomes, Maria Clara Machado, Millôr Fernandes, Augusto Boal, Oswald de Andrade e Oduvaldo Viana Filho e Maria Adelaide Amaral.  

Já a série Alimentando a Alma resgata o papel de anciãs e mestras que preservam segredos culinários e culturais esquecidos ou que correm o risco de desaparecer. A obra sugere alternativas frente à potente indústria de alimentos e o ritmo acelerado cotidiano, que leva as pessoas a optarem por comidas rápidas, sem valor cultural ou nutritivo. O conteúdo ainda é exibido aos domingos, às 10h30.  

Na quinta-feira, às 23h30, a TV Brasil apresenta Olhares do Norte, produção documental paraense em 13 episódios. A obra revela como a linguagem fotográfica registradas por profissionais do estado se estabeleceu aos olhos do Brasil como uma forma singular de arte.  O conteúdo regional tem horário alternativo aos sábados, às 18h.  

A atração de sexta na faixa de 23h30 é a série documental Mashup à Brasileira. A obra, com 13 episódios, ressalta o trabalho de artistas contemporâneos de diferentes disciplinas. Eles atuam em festas, tradições e rituais tradicionais brasileiros para criar trabalhos originais com uma linguagem contemporânea. O programa tem horário alternativo aos domingos, às 13h30.  

Van Filosofia  

A série documental Van Filosofia parte de uma premissa curiosa para discutir esse campo de estudo aos domingos, às 10h. A atração destaca que há mais coisas entre o céu e a terra, do que sonha a nossa vã filosofia, em especial, nas relações humanas.  

Para promover essa reflexão, o seriado transporta pessoas comuns em uma van. Participam como protagonistas donas de casa, coveiro, catador de material reciclado, professor, artista e líder indígena. Eles percorrem a cidade e compartilham suas experiências. Um filósofo e um condutor da van fazem uma ponte das questões colocadas pelos passageiros com as teorias filosóficas.

O Universo da TV

O Universo da TV é o site perfeito para quem quer ficar por dentro das últimas novidades da TV. Aqui, você encontra notícias sobre TV paga, programação de TV, plataformas de streaming e muito mais. É o único site que oferece uma cobertura completa da TV, para que você nunca perca nada. facebook instagram twitter youtube

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato