Header Ads

Globo e Band tentam sabotar negociações entre Record, SBT, Rede TV e operadoras de TV paga


Globo e Band fazem pressão em meio as negociações entre o grupo Simba e as operadoras.
(Imagem/Reprodução)
O grupo Simba, que a representa Record, SBT, e Rede TV estão enfrentando durante as negociações com as operadoras de TV paga, uma "Sabotagem'', indiretamente das emissoras Globo e Band, como informa o jornalista Ricardo Feltrin.

O motivo que as emissoras querem ser remuneradas pelos seus sinais digitais, que até o último dia 29 março era distribuído gratuitamente. As operadoras se recusam a pagar por isso.

Além de enfrentar duras negociações com as operadoras, o grupo Simba estão sofrendo outro tipo de pressão vindo direitos das suas 'amigas', conterrâneas. 

De acordo com ele, a Globo e da Band, que hoje são remuneradas pelas operadoras por seus canais abertos e também fechados, fizeram chegar às operadoras o nada discreto aviso que, se elas aceitarem pagar qualquer coisa aos canais Simba, também irão reivindicar uma “readequação” de seus contratos atuais. Ou seja, se aceitarem a pagar pelos canais das emissoras terão gastos extras no futuro. 

A Band já mostrou que é contra a qualquer negociações entre o grupo Simba e as operadoras, que exibiu uma reportagem contra elas e dizendo que elas não tinham direitos a remuneração nenhuma. E isso, causou revolta nas concorrentes. 

Porém, a Globo tem um outro argumento bem mais forte contra as operadoras: Ainda de acordo com o jornalista, apesar de ser um dos canais mais bem-sucedidos dos últimos anos, o Canal Viva (Globosat), que atualmente não recebem qualquer tipo de remuneração por parte das operadoras. 

O Viva entrou para o cardápio das operadoras em 2010, mas, não garantiu nenhum pagamento extra em relação a contrato que já havia em vigor entre Globosat e operadoras. O canal gera gasto com direitos conexos, direitos autorais entre outros. 

Ou seja, se por ventura o grupo Simba criar um canal fechado com conteúdos antigos do SBT e Record, como já foi proposto as operadoras, e se as operadoras aceitarem a pagar por isso, a Globosat também vai exigir um pagamento extra pelo Canal Viva. 

Como já sabemos as negociações entre Simba e as operadoras NET, Claro hdtv, Vivo TV, e Oi TV estão muito longe de um final feliz. Se depender da Globo e Band, um acordo entre ambas as partes envolvidas tão cedo irá acontecer. 

Vale ressaltar, que já faz um mês que as operadoras estão sem transmitir os canais abertos em São Paulo, Grande SP e Brasília. Se não houver acordo até dia 30 de Maio, os assinantes de Goiânia serão afetados também pelo corte dos canais, já que o sinal analógico será desligado lá.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.