Header Ads



Canal Viva - Destaques da programação de 17 a 23 de Julho


Destaques da programação Canal Viva. (Imagem/Divulgação)
Confira os destaques da programação do Canal Viva de 17 a 23 de Julho.

ESCOLINHA DO PROFESSOR RAIMUNDO
segunda-feira, dia 17 de julho, às 20h

O episódio desta semana marca os 25 anos dos Trapalhões, na ocasião sem o quarto integrante, Zacarias (Mauro Faccio Gonçalves), falecido em 18 de março de 1990. Didi (Renato Aragão), Dedé (Manfried Sant’Anna) e Mussum (Antônio Carlos Bernardes Gomes) são chamados pelo Professor Raimundo (Chico Anysio) e fazem uma rápida participação especial na Escolinha para anunciar as ações referentes à efeméride. A turma se diverte com as brincadeiras entre Didi e o Mestre.

Porém, antes da aula começar, Ptolomeu (Nizo Neto) chama os demais colegas de turma de desamparados intelectuais e burros profissionais, e é contestado por Nerso da Capitinga (Pedro Bismarck), Bertoldo Brecha (Mário Tupinambá) e Seu Boneco (Lug de Paula). Ele, então, faz uma aposta valendo dinheiro, de como os demais alunos não são capazes de fazer uma rima a partir de uma frase iniciada por ele. São interrompidos com a chegada do Professor Raimundo (Chico Anysio) a sala de aula.

Neste episódio participa também o Mazarito (Costinha), que é questionado pelo Mestre sobre qual era a fonte de renda dos Estados Anysios de Chico City, a mesma que enriqueceu a antiga cidade grega de Corinto. O aluno confessa que não sabe e logo conta uma de suas famosas piadas.

OS TRAPALHÕES
segunda-feira, dia 17 de julho, às 20h30

Ei, psit! Tem gente nova no pedaço! O espírito trapalhão está de volta e, desta vez, com novos adeptos do humor que marcou época e influenciou gerações. ‘Os Trapalhões’, que completam 40 anos em 2017, voltam com quatro novos integrantes: Didico (Lucas Veloso), Dedeco (Bruno Gissoni), Mussa (Mumuzinho) e Zaca (Gui Santana). O quarteto, amigos de fé e irmãos camaradas, continua a “levar a vida na flauta”, mas desta vez conta com dois professores na arte da trapalhada: Didi (Renato Aragão) e Dedé (Dedé Santana), que retornam ao ar como mestres dessa trupe, para ensiná-los a arte de ser um verdadeiro ‘Trapalhão’. O sexteto reviverá uma história que conquistou o coração dos brasileiros, num resgate do humor malandro e ingênuo que mudou o lugar do riso na televisão brasileira.

“O programa traz esse jeito trapalhão de ser. Quem viveu ‘Os Trapalhões’ como eu vivi vai relembrar de grandes momentos e, quem não conheceu, vai ter a oportunidade de conhecer um tipo de humor que é só deles, com essa aura circense e essa comédia ingênua” afirma o diretor-geral da atração, Fred Mayrink, que completa: “Esse programa faz parte da minha vida, como faz parte da vida de muita gente. É um momento muito especial, de profunda alegria estar participando deste projeto. É, acima de tudo, uma grande homenagem”.

Péricles Barros, responsável pela redação final, e Mauro Wilson, que assina a supervisão de texto, falam sobre a responsabilidade e o privilégio de recriar algo tão marcante na TV. “Buscamos manter a essência do grupo. Mas tivemos a oportunidade de colocar elementos da atualidade, como GPS e videogames nas piadas. Mas o espírito das situações remete à alegria de sempre” afirma Péricles. “A volta dos ‘Trapalhões’ está baseada em dois pilares: é uma grande homenagem para quem quer matar a saudade e uma divertida novidade para quem nunca viu”, define Mauro Wilson.

No total, serão nove episódios, com estreia prevista para 17 de julho no canal VIVA e em setembro, nas tardes da Globo. E, a cada programa, diferentes esquetes que farão o público se divertir, em situações atuais e inéditas, com o humor direto, visual e cheio de improvisos. Além de quadros novos, o programa trará de volta, com uma nova roupagem, quadros que fizeram sucesso. O famoso quartel- general aparece de novo, desta vez com Ernani Morais no papel de Sargento Pincel. Outro personagem querido do público, dono do debochado bordão “Nojento! Tchan!” também voltará à cena, na voz de Tião, interpretado por Nego do Borel. Os musicais, clássicos da antiga versão da trupe também voltam no novo programa. A cada episódio, um novo número musical, onde os personagens apresentam paródias de sucessos do passado e da atualidade, e também esquetes históricos, como “Papai eu quero me casar”, que será revivido em uma nova gravação.

Outro quadro que estará de volta será a reunião de super-heróis, mas desta vez com novos vigilantes: Super Super (Renato Aragão), Capitão Ferrugem (Lucas Veloso), Homem Morcega (Dedé Santana), Menino Perereca (Bruno Gissoni), Turbo Boy (Mumuzinho), Incrível Muque (Gui Santana), Piolho Prateado (Nego do Borel) e até uma Mulher Silicone (Letícia Lima). Durante toda a temporada, o programa contará com a presença luxuosa de convidados especiais em alguns quadros, vivendo diferentes personagens e aprendendo, juntos com a nova trupe, como ser um verdadeiro trapalhão.

SAI DE BAIXO
terça-feira, dia 18 de julho, às 21h

A turma do Largo do Arouche vai brincar de teatro grego no episódio “Afrodite se Quiser”. André Gonçalves participa do humorístico como Eros, o “Deus do Amor”. Ele chega para integrar o elenco de uma peça teatral da recém-criada Vavai ao Teatro, companhia de Vavá (Luis Gustavo). Sua aparição provoca confusões e paixões no atrapalhado apartamento. Escalado por Vavá (sem vírgula) para assumir o papel de cupido em sua produção, Eros será convidado a morar com a família.

O elenco da peça é formado por Magda (Marisa Orth) no papel de Afrodite; Ataíde (Luiz Carlos Tourinho) como Hércules; Sirene (Cláudia Rodrigues), que vive Ninfa; e Cassandra (Aracy Balabanian), a Deusa Atena.

SANDY & JUNIOR
quarta-feira, dia 19 de julho, às 11h

Neste episódio, Duda (Vitor Morosini), Talita (Talita Cantori) e Glorinha (Leticia Colin) precisam retirar Gully, o rato de estimação do grêmio, do Detonação e levá-lo para a sala de ensaios de Sandy. Neste momento então, ela acaba descobrindo que o roedor é, na verdade, um extraterrestre.

Logo que completa 18 anos, Gustavo (Paulo Vilhena) compra um carro, fruto do seu trabalho. Mas ao mostrar a novidade para Clara (Marie Lanna) e dizer que quer levar a sério a relação dos dois, ela termina o namoro dizendo que é nova demais e que precisa encontrar o seu caminho sozinha.

Camilo (Blota Filho) recebe uma fita anônima que revela uma conversa do professor Galeno (Paulo Goya) contando que Rebeca (Adriana Lodoño) preparou uma armação para Sandy com relação à autorização no dia da festa de comemoração dos 100 anos do CEMA. Preocupada com a advertência que levou de Camilo porcausa da revelação na fita, Rebeca vai até Sandy se desculpar também pedir para que continue exercendo a criação dos espetáculos da escola.

Junior e as crianças constroem uma máquina capaz de fazer contato com o planeta natal de Gully e seus pais acabam vindo buscá-lo na Terra. O programa termina com o videoclipe remix de Imortal, cantado pela dupla.

TOMA LÁ DÁ CÁ
sexta-feira, dia 21 de julho, às 21h

Neste episódio, a maquiavélica síndica do Jambalaya Ocean Drive, Álvara (Stella Miranda), promove um bazar para a caridade no condomínio e convida os moradores para participarem do evento. Aproveitando a ocasião, Rita (Marisa Orth) resolve se desfazer dos objetos antigos que ainda guarda em casa, para a alegria de Bozena (Alessandra Maestrini), que critica a falta de espaço no apartamento.

Porém, enquanto as duas procuram mais coisas pelo apartamento para vender no bazar, Arnaldo (Diogo Vilela) chega em casa com diversos outros objetos comprados no evento, deixando Rita e Bozena chateadas.

Copélia (Arlete Salles) é retirada do bazar por Mario Jorge (Miguel Falabella) e levada para o apartamento por causa da confusão que ela causou com a vizinhança: abriu uma barraca do beijo no evento.

A confusão só aumenta quando os moradores percebem que objetos de grande estimação acabam sendo negociados no bazar. Como o hipopótamo de pelúcia Álvara comprado pela Isadora (Fernanda Souza) e o autógrafo da Madonna, antes do Arnaldo, agora comprado por Ladir (Ítalo Rossi).

CASSINO DO CHACRINHA
sábado, dia 22 de julho, às 18h

Neste programa, para eleger os melhores calouros do dia, o “Cassino do Chacrinha” tem como destaques em seu júri o humorista João Kleber, o radialista Alberto Brizola, a modelo Vanessa de Oliveira, a sempre extravagante Elke Maravilha, a jornalista Sonia Abrão e o polêmico jurado e ex-Rei Momo do carnaval carioca, Edson Santana.

Entre as atrações musicais, destaques para Fundo de Quintal, Moraes Moreira, Picassos Falsos, Alcione, Banda Reflexus, Benito di Paula, Chiclete com Banana, Almir Guineto, Sarajane, Silvinho, Egotrip, Biafra e Sandra de Sá. Para encerrar, Luiz Caldas canta vários de seus sucessos da época.

DONOS DA HISTÓRIA
domingo, dia 23 de julho, às 18h30

Neste episódio de “Donos da História”, João Emanuel Carneiro conta como foi a sua trajetória e revela detalhes de sua carreira. Dentre os relatos, fala da solidão que sente ao terminar de escrever uma novela, tendo que se despedir de todos aqueles personagens que ele criou e com quem conviveu durante meses. Taís Araújo e Adriana Esteves falam sobre o dramaturgo, que escreveu sucessos como Avenida Brasil, A Favorita, Da Cor do Pecado, Cobras e Lagartos, dentre outros.

Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.