Home Top Ad

Cristina Pereira analisa desafios do artista na série Atos da TV Brasil

Share:


Com vasta experiência em cinema, teatro e televisão, a atriz e diretora Cristina Pereira é a sexta entrevistada no episódio inédito da série Atos que a TV Brasil apresenta neste domingo (13), às 20h30.

A artista é sabatinada por um grupo de intérpretes em formação, mediados pelo professor e diretor teatral Antonio Gilberto na Casa das Artes de Laranjeiras (CAL), onde a produção é gravada.

Cristina avalia que o ator deve estar envolvido com um trabalho que tenha algo relevante a dizer. A convidada também destaca a importância do silêncio na atuação.

"O maior desafio do ator é, primeiro, vencer a barreira do medo, confiar que consegue fazer. Depois, é se envolver com um trabalho em que se identifique e tenha algo a dizer", analisa.

Criatividade e abertura para a arte

A experiente profissional aprofunda a reflexão sobre o universo das artes cênicas. "O ator pode fazer qualquer coisa. Você se transformar é maravilhoso. Se quiser, você pode ser jovem e fazer bem o papel de uma velha bem. Eu posso fazer um menino, uma rainha, uma empregada, o que eu quiser", explica.

A atriz reflete ainda se é necessário o ator se distanciar para a sua interpretação aflorar. "Todo personagem tem elementos nossos que ficam escondidos. Às vezes uma atriz muito calma faz uma vilã com uma força enorme. Acho que a gente não tem que desaparecer, mas precisa ter uma disponibilidade para a arte", pondera.

Para estimular o desenvolvimento da criatividade, o grupo de estudantes de dramaturgia faz um exercício de improvisação sem o uso da voz que é comentado pela convidada no palco da CAL.

Tributo a Myriam Muniz e cena do filme "Mar de rosas"

No decorrer do programa produzido pela TV Brasil, Cristina homenageia a atriz e professora de interpretação Myriam Muniz ao destacar a contribuição da veterana já falecida em sua formação.

Durante o papo, a também humorista e apresentadora resgata passagens marcantes da carreira como a época do programa a TV Pirata e reflete sobre sua veia cômica.

Ao fim do programa, para reverenciar a vida e a obra de Cristina Pereira, os alunos-atores da CAL representam uma cena do filme "Mar de rosas" (1977), de Ana Carolina.

Na pele da personagem Betinha, a atriz estrelou a tragicomédia ao lado de um elenco formado por personalidades da dramaturgia nacional: Norma Bengell, Miriam Muniz, Hugo Carvana, Otávio Augusto e Ary Fontoura.