Home Top Ad

Surpresas, revelações e tensão: as emoções finais em 'Salve-se Quem Puder'

Share:

Divulgação Globo/Victor Pollak
As aventuras de Alexia (Deborah Secco), Kyra (Vitória Strada) e Luna (Juliana Paiva) chegam ao fim com o término da primeira temporada de 'Salve-se Quem Puder, que vai ao ar neste sábado, dia 28. Até lá, alguns mistérios da trama de Daniel Ortiz prometem ser desvendados. O segredo do trio está por um fio, e a situação fica ainda mais difícil quando Renatinha (Juliana Alves) flagra Kyra (Vitória Strada) na Labrador. A princípio, a secretária acha que está tendo uma visão do espírito da ex-noiva de Rafael (Bruno Ferrari), mas logo se dá conta de que a decoradora está vivíssima.
E não é apenas Renatinha que fará grandes descobertas. Dominique (Guilhermina Guinle) também saberá que uma das três testemunhas da morte do juiz Vitório (Ailton Graça) está viva e não morreu durante a passagem do furacão em Cancún, como ela imaginava. A tia de Renzo (Rafael Cardoso) vai perseguir a moça pelas ruas de São Paulo, que novamente correrá risco nas mãos da vilã. O suspense também fica por conta de outra revelação: a identidade do grande "cabeça" da organização internacional e chefe de Dominique será revelada nos capítulos finais desta temporada.

"Alguns mistérios serão revelados, e as reviravoltas deixarão um 'gostinho de quero mais'. Tudo isso para que o público tenha um final de temporada interessante.Trabalhamos muito nesta reta final para entregar um desfecho emocionante. Valerá a pena conferir", adianta o autor Daniel Ortiz.
Salve-se Quem Puder’ é criada e escrita por Daniel Ortiz com direção artística de Fred Mayrink e direção geral de Marcelo Travesso. A primeira fase da novela se encerra neste sábado, dia 28.
Entrevista com Deborah Secco
Como você avalia essa primeira fase de 'Salve-se Quem Puder'? 
Eu acho que foi uma fase maravilhosa. Uma novela leve, divertida, bem alinhada com o que foi a proposta criada pelo Daniel Ortiz.
Alexia/Josimara recentemente também começou a adotar um outro disfarce, Josimara 2.0, na Labrador. Você acredita que a personagem conseguirá esconder sua verdadeira identidade por muito tempo?
Acredito que não vai conseguir esconder por muito tempo não!
O que essa novela representa para você e qual a importância dela na sua trajetória?
Todos os personagens são importantes para nossa história né? E a Josimara/Alexia é pura comédia. Tenho enorme prazer em fazer parte desta trama, que me proporciona mais um personagem de comédia na carreira.
Como tem sido a reação do público? O que mais você tem escutado nos últimos dias?
As pessoas amam e torcem muito, tanto por Alexia e Zezinho quanto por Alexia e Renzo. É uma dúvida de todo mundo que adora e se diverte.  Também acham a Alexia uma louca! É engraçado que todo mundo vem me oferecer biscoito de polvilho. Acho que isso é uma unanimidade.  Quem não adora? (risos)
Nas redes sociais, a torcida é bem dividida entre os casais Alexia e Renzo e Alexia e Zezinho. Você arriscaria um palpite?
É bem dividido mesmo! O Daniel (Ortiz) vai ter dificuldade para resolver esses casais.
Qual é a sua expectativa para a próxima fase de ‘Salve-se Quem Puder’?
A segunda fase vai ser uma fase cheia de reviravoltas, né? Com tudo se resolvendo, todos os mistérios. Acho que será impactante e emocionará o público.
Entrevista com Vitória Strada

Como você avalia essa primeira fase de ‘Salve-se Quem Puder’?
Foi uma fase intensa, com muitas reviravoltas e apresentamos bem os dilemas das protagonistas. O público abraçou essas três mulheres, suas diferenças e também essa união entre elas. Temos uma história recheada de humor, suspense e amor.

O que essa novela representa para você e qual a importância dela na sua carreira?
Estou muito feliz com esse trabalho. Kyra é minha terceira protagonista seguida na Globo. Fiz duas mocinhas bem tradicionais, mais sofridas, e agora veio a Kyra que é estabanada, elétrica e cheia de humor. Ela está me dando a oportunidade de mostrar uma outra vertente minha. E estou amando fazer esse trabalho.

Como tem sido a reação dos fãs nesses últimos dias?
Sinto que o público embarcou na nossa história, que eles estão vibrando junto e torcendo pelas três. Todos querem saber como será quando descobrirem que elas estão vivas... e eu adoro interagir com eles. Isso é o grande barato de fazer TV. Temos esse alcance enorme e entramos mesmo na vida e na casa das pessoas.

Nas redes sociais, a torcida é bem dividida entre os casais Kyra e Alan e Kyra e Rafael. Você arriscaria um palpite?
Somente o Daniel (Ortiz) pode falar sobre o que ele reserva para a Kyra. Mas, para ser bem sincera, eu estou mega dividida também. Não sou capaz de opinar (risos). Amo contracenar com o Bruno e o Thiago. São dois grandes parceiros.

Kyra/Cleyde tem uma identificação muito forte com a criançada. Como é receber essa resposta do público infantil?
Amo essa identificação das crianças com a Kyra. E acho que tem tudo a ver.  Existe também uma inocência nela. Kyra tem uma criança viva dentro dela. E amo quando as crianças falam comigo. É uma personagem bem especial.

Qual é a sua expectativa para a próxima fase de ‘Salve-se Quem Puder’?
Temos ainda muita história para contar. Várias tramas para desenrolar ainda nesse novelo. Temos os bandidos atrás das três, a família que não sabe que elas estão vivas, os amores do passado e do presente. A próxima temporada promete muitas emoções.
Entrevista com Juliana Paiva

Como você avalia essa primeira fase de ‘Salve-se Quem Puder’?
A minha avaliação é a melhor possível. Uma história divertida, que o público abraçou e recebeu muito bem. É uma personagem que eu estou adorando. Uma menina que mesmo jovem já passou por muitas coisas na vida.

Luna/Fiona passará por grandes provações nesta reta final. Como você vê o desenrolar da personagem e de que forma ela enfrentará os desafios e dificuldades?
Neste momento, ela acaba de descobrir essa nova paixão, Téo (Felipe Simas), e se aproxima ainda mais da mãe. É um ótimo momento. Vem muitas emoções por aí. Estou animada para começar essa segunda temporada o quanto antes.

O que essa novela representa na sua carreira?
A Luna veio num momento importante da minha vida pessoal. Trabalhar com arte e interpretação é o que eu amo fazer. E dar vida a uma personagem que tem valores tão bacanas e importantes é ainda mais bacana. A positividade dela, que ela carrega mesmo com todas as adversidades, mesmo tendo sido abandonada pela mãe, mesmo com a história do furacão, e tendo que mudar de país e ficar longe do pai. Ela tem uma visão muito positiva das coisas e, neste momento, o mundo está precisando dessa visão. A Luna é uma personagem muito atual e com valores que podem ser discutidos e apreciados por quem está assistindo.

Como tem sido a reação do público?
O que eu mais tenho escutado é: "Com quem a Luna deve ficar?" (risos) por conta da suposta traição do Juan (José Condessa). Futuramente, ela vai descobrir que é um engano. Mas, ao mesmo tempo, ela está se apaixonando pelo Téo. É um triangulo amoroso em que as duas pontas são dois caras legais, íntegros e com valores. Ela vai ficar muito dividida mesmo. E acho que o público também. E essa é a proposta de um triângulo amoroso, né? Fico muito feliz com toda essa repercussão.

Nas redes sociais, a torcida é dividida entre os casais Luna e Juan e Fiona e Téo. Você arriscaria um palpite?
Eu não arrisco palpite nenhum (risos). Eu gosto de ser conduzida pela história e convido o público a vir nessa com a gente. É como na vida real... Quem diria que há uma semana a gente paralisaria a nossa vida e entraria numa quarentena? A novela também é a retratação da vida. A gente não imagina o que acontecerá no dia seguinte. Eu vivo um capítulo de cada vez com a Luna. A minha torcida é que ela seja feliz e encontre uma pessoa que tenha mais a ver com ela e a acompanhe. Só fico muito grata pela parceria com o Felipe Simas e com o José Condessa. São dois parceiros maravilhosos.

Qual é a sua expectativa para a próxima fase da novela?
A minha expectativa é que tem muita coisa para se desenrolar ainda. A Helena (Flávia Alessandra) precisa descobrir que a filha está viva e que Fiona é a Luna! Téo (Felipe Simas) precisa saber que Fiona é a menina que ele salvou no meio do furacão. Juan (José Condessa) tem que desmentir essa história da traição. Mário (Murilo Rosa) e Juan estão vindo para o Brasil... Muitos acontecimentos estão por vir nesta segunda temporada. Eu também estou na expectativa para esta última semana. Convido a todos para assistir a esse último capítulo da primeira temporada. Para aqueles que não acompanharam, vale ‘maratonar’ no Globoplay para estar pronto para a próxima fase.