Home Top Ad

Paulo passa a noite com Vanessa em 'Fina Estampa'

Share:

Divulgação TV GLOBO / Renato Rocha Miranda
Paulo (Dan Stulbach) e Esther (Julia Lemmertz) estão separados desde que a estilista decidiu que levaria adiante o plano de ter um filho por inseminação artificial mesmo sem o consentimento dele, e ainda descobriu que o marido dormiu com Marcela (Suzana Pires).

Nós próximos capítulos da edição especial de 'Fina Estampa', Paulo se aproxima de Vanessa (Milena Toscano) e acaba indo para a cama com a sobrinha de Crô (Marcelo Serrado). Enquanto isso, a ligação entre Esther e Guaracy (Paulo Rocha) fica cada vez mais forte.
'Fina Estampa’ é uma obra de Aguinaldo Silva, com direção geral e de núcleo de Wolf Maya e direção de Ary Coslov, Claudio Boeckel, Marcelo Travesso, Marco Rodrigo e Marcus Figueiredo.
ENTREVISTA COM DAN STULBACH

Como tem sido o retorno para você desde que a novela voltou a ser exibida? Você está acompanhando a repercussão?
Nas mensagens que recebo, o tempo todo, todos brincam comigo pelos cabelos mais longos e dizem adorar rever a historia. Os que viram têm carinho pela novela. Os que não viram agora estão em casa, deram uma olhada e começaram a assistir.

Qual cena mais te marcou?
Me lembro bem de duas. A primeira é uma discussão forte do casal, quando decidem se separar. Foi uma cena que gravamos sem ensaio. Fizemos uma vez só e foi ao ar do jeito que fizemos, sem cortes, num rompante só. Os câmeras foram geniais, porque nos movimentamos e eles acompanharam juntos. Uma dança de todos, que terminou num aplauso geral, choro, risadas e um abraço. Por isso me lembro bem. A outra é quando estou num chalé, isolado, sozinho com o bebê e tenho que trocar fralda, fazer ele dormir. Não há como ensaiar um bebê, então foi tudo no improviso. Eu não tinha filho, também não sabia fazer nada. Me ensinaram, mas claro que me atrapalhei todo. A galera atrás das câmeras ria da minha falta de jeito. Eu mesmo ria de mim. Navegávamos entre o cômico e o caos. Até que tudo foi se acertando, o mar se acalmando e uma emoção bonita contagiou a todos. E a minha descoberta foi igual à do personagem. Quando um dia na minha vida fui trocar uma fralda, lembrei da cena.

Tem alguma característica ou algo que você aprendeu com o personagem que ficou pra sua vida?
Característica dele não. Pelo menos que eu tenha percebido. Mas as questões do casal, do Paulo e da Esther, a busca de uma felicidade conjunta, que é diferente do que cada um imaginava pra si, sim. Esse aprendizado de que temos que nos adaptar, mudar e aprender para viver a felicidade do casal, que é uma mistura das coisas que cada um sonha.

Como está sendo sua rotina na quarentena? Que dicas dá pra quem está em casa?
Estou isolado com a família. De manhã acordo, faço meu programa na CBN e depois ajudo na aula dos filhos. Em seguida, preparo o almoço e, à tarde, levo o cachorro para passear. À noite, arrumo a casa, vejo as notícias e algum filme projetado na parede.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.