Home Top Ad

Gilberto Gil é homenageado na trilha sonora de 'Amor e Sorte'

Share:

Divulgação Multishow/ Juliana Coutinho
Hoje, após ‘Fina Estampa’, vai ao ar o segundo episódio de ‘Amor e Sorte’, série criada por Jorge Furtado, com direção artística de Patricia Pedrosa. Lázaro Ramos e Taís Araújo são Cadu e Tabata no episódio 'Linha de Raciocínio', escrito por Alexandre Machado. Além de cada um desses nomes que enriquecem a série por si só, os próximos episódios, conduzidos por Patricia Pedrosa, contêm um espetáculo à parte. As diferentes tramas sobre relacionamentos durante o isolamento social serão embaladas por canções de Gilberto Gil. Em uma homenagem ao cantor, versões de suas músicas foram gravadas por diversos artistas contemporâneos da MPB. Além disso, Gil assina e performa ele mesmo, ao lado de seus filhos, a trilha de abertura, com a música “Parabolicamará”.

Divulgação  Multishow/ Juliana Coutinho
Seguindo a premissa dos próprios episódios, foram convidados artistas que estão passando o período de quarentena juntos. Em ‘Linha de Raciocínio’, Sandy e Lucas Lima regravaram “Estrela”; Lucy Alves, “Andar com Fé”; e Liniker regravou “Barato Total”. Nos episódios seguintes, o público ouvirá Céu e Pupilo, com “Aqui e Agora”; Milton Nascimento e Amaro Freitas, com “Drão”; Anavitória com “Retiros Espirituais”; Pitty, com “Questão de Ordem”; e Teago Oliveira, com “Esotérico”. Além de Elza Soares e Renegado, com “Divino Maravilhoso”; Rubel,  com “Palco” e Silva, com “A Coisa mais Linda que Existe”, da Gal.

‘Amor e Sorte’ é uma série em quatro episódios, criada por Jorge Furtado. O episódio 'Linha de Raciocínio' tem roteiro de Alexandre Machado, direção artística de Patrícia Pedrosa e direção de Lázaro Ramos. 


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.