Home Top Ad

Drauzio Varella fala sobre Babenco no Cinejornal do Canal Brasil

Share:

Divulgação

Drauzio Varella é o convidado da próxima edição do ''Cinejornal'', que estreia amanhã, 07/02, às 21h50, no Canal Brasil. A pauta da entrevista, conduzida por Simone Zuccolotto, é a amizade e o trabalho do cineasta Hector Babenco, que completaria 75 anos na data em que o programa vai ao ar. Em sua homenagem, o Canal Brasil exibe a “Mostra Hector Babenco”, entre os dias 02/02 e 07/02, sempre à 0h30.

Drauzio conta que já conhecia alguns dos filmes de Babenco antes de se tornarem amigos e destaca seu trabalho como diretor de atores. “Quando ele fez o ‘Carandiru’, a quantidade de gente que o filme revelou, que depois se tornaram atores e atrizes destacados no cenário nacional. Ele tinha essa capacidade”. Em 2003, Babenco adaptou o livro “Estação Carandiru” de Drauzio Varella para o cinema. O médico diz que a princípio tentou convencê-lo a não filmar, pois acreditava que a história do massacre seria extremamente trabalhosa. “Mas quando ele punha uma coisa na cabeça, nem Deus tirava. E fez o filme, né?” 

Ao comentar sobre o documentário “Babenco: Alguém tem que o ouvir o coração e dizer: parou” (2019), dirigido por Bárbara Paz e indicado para representar o Brasil na categoria de melhor filme estrangeiro no Oscar de 2021, Drauzio se emociona. “O filme é muito bonito e muito fiel a esse personagem. O filme respeitou a dignidade do Hector no seu mais alto grau o tempo todo, até o fim. Ele conseguiu levar a vida dele e mostrar no final a vida dele narrada no cinema, sob o olhar da Bárbara, que foi uma grande diretora”. O longa-metragem estreia no Canal Brasil no dia 21/02, às 22h.

No fim da entrevista, Simone Zuccolotto aproveita a oportunidade para saber as previsões do médico em relação ao fim da pandemia por Covid-19. Drauzio acredita que até o fim de 2021 ainda não teremos atingido 70% da população vacinada, taxa necessária para conter o avanço da doença. “Eu acho que esse processo de vacinação vai invadir o ano que vem, na melhor das hipóteses”

Cinejornal - Drauzio Varella
ENTREVISTA INÉDITA
Horário: Terça, dia 02/02, às 21h50
Apresentação: Simone Zuccolotto
Classificação: Livre


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.