Dia da Mulher tem edição especial do 'Em Pauta' na GloboNews

Reprodução

Uma data para celebrar as conquistas femininas e lembrar que, na luta pela igualdade entre os gêneros, ainda existe um longo caminho a ser percorrido. Nesta segunda-feira, 8 de março, Dia Internacional da Mulher, o ‘Em Pauta’, da GloboNews, terá uma edição especial, às 20h, comandada por Aline Midlej e Ana Paula Araújo. Com a participação de Zileide Silva, Lilian Ribeiro, Flávia Oliveira, Mônica Waldvogel, Eliane Cantanhêde e Sandra Coutinho,  programa vai discutir temas como violência contra a mulher, a presença feminina em espaços de poder e oportunidades no mercado de trabalho. 
 
“Eu adoro o ‘Em Pauta’, sou telespectadora assídua, e será uma honra participar do programa, ao lado de tantas mulheres que admiro. Desigualdade e violência de gênero estão presentes na vida das mulheres e desde muito cedo, no ambiente familiar, na escola, no trabalho. Precisamos falar sobre isso para lutar por mudanças”, afirma Ana Paula. Aline Midlej reforça a importância do especial: “O ‘Em Pauta’ será um belo palco de exposição e reafirmação do que a GloboNews já é todos os dias: um canal com muita força feminina. Teremos na noite do dia 8 uma alta concentração de talento, energia e análise para o nosso público. Mais um dia para caminhar com firmeza na direção da igualdade. Ser uma das anfitriãs desse encontro é uma honra. Aprendo com elas todos os dias”.
 
Mas as comemorações pelo Dia da Mulher no jornalismo da Globo começam já na véspera. O ‘Antena Paulista’ de domingo, dia 7, exibe uma reportagem sobre a importância das mulheres cientistas que são maioria no mundo acadêmico. No fim do dia, o ‘Fantástico’ relembra um dos grandes exemplos da luta feminina por espaço: a americana Hattie McDaniel, primeira mulher negra a ganhar o Oscar, por seu papel em ‘E o Vento Levou...’. A história da atriz, narrada por Isabel Fillardis, será retratada em animação no novo episódio de  ‘Mulheres Fantásticas’. Também no quadro, a apresentadora Poliana Abritta entrevista a bailarina Ingrid Silva, carioca do Morro da Mangueira que brilha no Dance Theatre of Harlem, em Nova York, e se tornou a primeira negra a ter uma sapatilha personalizada para sua cor de pele. 
 
Na segunda-feira, dia 8, o  ‘Bom Dia São Paulo’ exibe duas matérias especiais. Uma sobre a desconstrução feminina na última década, a aceitação do corpo e a inclusão do que era considerado ‘fora de padrão’;  outra sobre mulheres que batalham trabalhando na madrugada como porteiras de condomínio, agentes de segurança, farmacêuticas e frentistas. O ‘Bom Dia Rio’ estreia o quadro ‘S.O.S Mulher’, que trata da violência de gênero, com informações para que as mulheres se mantenham seguras. Já o ‘Bom Dia Brasil’ explica os principais gargalos no cumprimento da Lei Maria da Penha e porque ainda há tantos casos de feminicídio no país. 
 
A repórter Carol Ianelli mostra no ‘SP1’ como um grupo formado por 100 mulheres do bairro de Jardim Lapena, da região de São Miguel Paulista, se uniu para dar a apoio à comunidade mais vulnerável do bairro. Além disso, o jornal  exibe pílulas retratando a diversidade feminina na cidade de São Paulo. O ‘RJ1’ exibe, ao longo do mês, matérias exaltando projetos culturais idealizados por mulheres em diferentes comunidades da cidade. Já no ‘SP2’, a repórter Laura Cassano foi às ruas para gravar com mulheres que, durante a pandemia, tiveram que exercer diferentes papeis ao mesmo tempo. 
 
Portal de notícias da Globo, o G1 publica no dia 8 a primeira de cinco reportagens com empreendedoras que fazem parte de projetos voltados para ajudar outras mulheres em situações de vulnerabilidade. 
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem