IRON ANNIVERSARY: 10 razões para ver (ou rever) 'GAME OF THRONES'

Divulgação HBO

No dia 17 de abril comemoram-se dez anos da exibição do primeiro episódio de GAME OF THRONES na HBO. Baseada no best-seller "As Crônicas de Gelo e Fogo", de George R.R. Martin, a série se tornou uma das produções de maior sucesso dos últimos tempos, com recordes de público e engajamento nas redes sociais. Durante oito temporadas, recebeu 160 indicações ao Emmy e ganhou 59 desses troféus.

Para a comemoração do IRON ANNIVERSARY, a HBO convida a todos que ainda não assistiram a série a mergulhar no universo de Westeros. Se precisarem de um empurrãozinho, listamos dez razões para ver (ou rever) GAME OF THRONES:

• Personagens lendários

Um dos temas centrais de GAME OF THRONES são as paixões humanas, sejam elas vividas entre os personagens das casas Targaryen, Stark, Greyjoy, Baratheon ou qualquer outra. Dos potenciais reis e rainhas que aspiram ao Trono de Ferro até os soldados no campo de batalha, as histórias individuais de cada personagem ajudaram a construir uma memorável fantasia medieval.

• Um universo épico

Dragões, lobos gigantes, caminhantes brancos e muito mais. A cada temporada, GAME OF THRONES foi dobrando a aposta com criaturas e elementos fantásticos para compor seu universo épico, junto com as grandes batalhas que deixaram o público fascinado.

• A luta pelo poder

Quem achou que nesta série de fantasia não haveria política, se enganou. A importância das estratégias na luta pelo poder está evidente em GAME OF THRONES e todos os candidatos a governar os Sete Reinos sabem disso. Na tentativa de reinar em Westeros ou de ter uma posição mais vantajosa na divisão do poder, as Casas que entram na disputa podem vencer ou cair em desgraça. Cada movimento importa e cada aliança pode ter consequências irreparáveis.

• Guinadas inesperadas

Um elemento que caracteriza GAME OF THRONES são os acontecimentos inesperados. Qualquer um pode morrer a qualquer momento, as traições são tramadas sorrateiramente e as alianças podem mudar toda a narrativa.

• Alto nível de produção

A série é uma das mais caras da história da televisão. Além de reunir os orçamentos médios por episódio mais altos do mundo do entretenimento, a produção se apropria de recursos utilizados magistralmente pelos criadores para tornar essa fantasia épica algo inédito na televisão. Foram usados 40 estúdios de efeitos especiais em 13 países e gravadas mais de 13.000 sequências com incríveis efeitos especiais. A produção foi filmada em 10 países, passou por mais de 500 locações e emplacou seis cenários icônicos.

• A beleza da música

Ramin Djawadi é a mente por trás da trilha sonora original de GAME OF THRONES. Com obras únicas para a série, além de diversas peças adaptadas, o compositor é responsável por cenas repletas de acordes que conferem beleza e profundidade às paisagens, maldade ou bondade às pessoas e uma tensão indescritível às cenas.

• Não fique de fora da conversa

"O inverno está chegando" (Winter is Coming), "Você não sabe de nada, Jon Snow" (You know nothing, Jon Snow). Mesmo após o fim da série, seu lugar na cultura pop se mantém firme e continua fazendo parte das conversas nas redes sociais. Mesmo quem ainda não assistiu à produção, deve ter escutado algumas dessas frases. Então, vale a pena dar uma chance para entender seus profundos significados na trama.

• Premiadíssima

Não foram apenas os fãs que fizeram de GAME OF THRONES a série de mais sucesso da televisão - a crítica também teve seu papel. Ao longo das oito temporadas, a produção recebeu centenas de prêmios internacionais, incluindo 59 estatuetas do Primetime Emmy, mais do que qualquer outra série de ficção na história. Em 2015, tornou-se a série mais premiada em uma única cerimônia, ao receber 12 prêmios, um recorde que repetiria na sexta e na oitava temporadas.

• Sem espera, nem spoiler

Quando menos se esperava, a produção deixou os telespectadores de boca aberta. Todos os domingos, eram publicados diversos vídeos de reações a alguns dos momentos mais impactantes da série, que viralizavam rapidamente. A vantagem de começar a acompanhar a série agora é ter a oportunidade de fazer uma maratona sem ter que esperar por novas temporadas, nem fugir dos incontáveis spoilers que inundavam as redes sociais ao final de cada novo episódio.

• O universo expandido de GAME OF THORNES

Em 2022 chegará à HBO o spin-off HOUSE OF THE DRAGON. Baseado no livro "Fogo e Sangue", de George R.R. Martin, e ambientado há 300 anos da história contada em GAME OF THRONES, a nova série terá como foco a Casa Targaryen. Com a aproximação da estreia da nova produção, o momento é ideal para assistir aos episódios já exibidos e se atualizar sobre a trama.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem