Repórter Record Investigação é um dos finalistas do prêmio internacional ''One World Media Awards'' pelo segundo ano consecutivo

Divulgação Record TV

O jornalismo da Record TV foi escolhido pelo segundo ano consecutivo como um dos finalistas do ''One World Media Awards'', um dos mais importantes prêmios internacionais da área, que reconhece reportagens de diferentes países. A emissora concorre na categoria Documentário de Televisão com “Agricultoras Violentadas”, reportagem que foi exibida pelo Repórter Record Investigação na temporada do ano passado.

O programa acompanhou histórias no interior de Goiás e de Minas Gerais, em que mulheres sofrem com violência física e psicológica, além de enfrentar longas jornadas de trabalho. 

A emissora é a única representante da América Latina na categoria, que ainda tem concorrentes de Portugal, Estados Unidos, Inglaterra, Rússia e Catar.  No total, são dez finalistas, de emissoras como BBC, Al Jazeera e Rádio e Televisão de Portugal.

No ano passado, o Jornalismo da Record TV também foi selecionado como finalista do One World Media Awards 2020, com uma reportagem do Câmera Record. A matéria, dividida em duas partes, A Besta -  Episódio 1 e Episódio Final, acompanhou a arriscada viagem de trem de imigrantes que cruzam o México como clandestinos para chegar até a fronteira dos Estados Unidos

O prêmio é concedido pela One World Media,  uma organização não-governamental sediada em Londres, Inglaterra, que tem parcerias com empresas de comunicação como BBC, Al Jazeera e Google. Os vencedores serão anunciados em 17 de junho.
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem