Jornal da Record estreia série ''Gargalos do Transporte''

Divulgação Record TV

A partir desta segunda-feira, dia 25 de outubro, o Jornal da Record estreia a série de reportagens ''Gargalos do Transporte''. A produção irá abordar exemplos de obras que poderiam ajudar a melhorar a vida de quem precisa de balsas, ônibus, ferrovias e rodovias para, por exemplo, trabalhar, ir para a escola ou transportar mercadorias Os projetos existem, entretanto, alguns não saíram do papel, e outros até foram iniciados, mas não avançaram ou estão abandonados. 

Em São Paulo, maior cidade do país, por exemplo, em que poucos grupos dominam o transporte coletivo, quem precisa de ônibus enfrenta problemas de lotação e demora.

No litoral paulista também chama a atenção uma promessa de 1961 que não se concretizou até hoje. Naquele ano nasceu o primeiro projeto de travessia entre Santos e Guarujá, apresentado ao então governador Laudo Natel: um túnel. Depois veio o ideia ponte entre as duas cidades, que também não se concretizou. Até hoje, quem precisa atravessar de uma ponta a outra só tem a balsa como alternativa. 

Já no Rio, o transporte enfrenta sérios problemas e há uma proposta para a construção de 14 novas linhas hidroviárias, que poderiam tirar mais de 100 mil carros entre a Barra da Tijuca e a Baía de Guanabara, reduzindo os congestionamentos. Mas a pressão das empresas de ônibus, que atuam há décadas na capital fluminense, impede que as iniciativas de melhorias avancem. 

As equipes também visitaram o norte do País para mostrar dois exemplos de falta de vontade para reduzir os gargalos. No Amapá, a série apresenta a situação da única ferrovia do estado, praticamente abandonada há sete anos, e onde os vagões viraram moradia para quem não conseguem pagar aluguel.

E no Tocantins a equipe viajou pela BR-235, rodovia federal prometida há 30 anos. Só um pequeno trecho foi asfaltado, prejudicando o escoamento e a produção de grãos.  

O Jornal da Record vai ao ar às 19h45. 
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem