Seriado Ícones da Vida Selvagem revela complexidade do ecossistema na savana africana

Divulgação

A savana africana é o cenário do quinto episódio inédito da série Ícones da Vida Selvagem que a TV Brasil exibe nesta quinta (28), às 21h30. Durante o documentário, a produção mostra que essa paisagem icônica também é um sistema vivo de fauna e flora exuberantes e diversificadas. 

Com mais de 12 milhões de milhas quadradas, o extenso bioma compõe quase metade da superfície do continente. Desde os chamados "cinco grandes" da África - leões, rinocerontes, leopardos, búfalos e elefantes - até as pequenas presas, todas as espécies animais desempenham um papel fundamental neste ecossistema.

A fauna da região é composta por mamíferos herbívoros de grande porte (como o búfalo, a girafa, o rinoceronte e o elefante), mamíferos herbívoros (como a zebra, o impala, o gnu e antílopes), mamíferos felinos predadores (como o leão, o leopardo e o guepardo), mamíferos canídeos (como o mabeco e chacal), aves (como o falcão, a águia, o abutre e o avestruz), entre outros bichos.

Complexa teia de vida selvagem, a cadeia alimentar da savana africana envolve elefantes que alteram a paisagem, grandes rebanhos de antílopes, diversos predadores de vértice e uma série de outras espécies que evoluíram para sobreviver aos desafios desta paisagem. 
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem