Ad Code

Sexta temporada de 'Conversa com Bial' estreia na Globo

Divulgação Globo/João Miguel Júnior

Conversas podem mudar o mundo e podem mudar a gente. Com a perspectiva de uma boa conversa que faz refletir, inspira e amplia conhecimentos, ao mesmo tempo em que proporciona emoção e diverte, o 'Conversa com Bial' retorna às noites da TV Globo, na próxima segunda-feira, dia 07, após o ‘Jornal da Globo’. 
 
No ar desde 2017 e após duas temporadas gravadas durante a pandemia em formato remoto, o programa chega mais versátil e dinâmico. Pedro Bial sai mais de casa, e as entrevistas passam a ser virtuais ou presenciais, sempre dentro dos protocolos de segurança. “Dinâmica é a palavra que define esta nova temporada do ‘Conversa’. Assim como cada indivíduo, e como a sociedade em geral, estamos entendendo este ano e pisando pouco a pouco numa nova realidade que não abre mão dos recursos digitais que a vida dos últimos dois anos diante das telas nos trouxe. Mas estamos começando a pisar na rua, a nos encontrar e a nos abraçar. Confesso que ainda estou me adaptando a isso, mas enxergo o momento como um mobilizador de emoções”, diz o apresentador.  
 
“Essa temporada é um pouco de cada coisa que aprendemos nessa pandemia. Fazemos o remoto, mas também estamos saindo para rua, e vamos para locações, como fizemos na última temporada com Marisa Monte e Mateus Aleluia. Então essa nova temporada é fruto do aprendizado desses dois anos de pandemia”, completa Mônica Almeida, diretora artística do ‘Conversa’. E é valendo-se da possibilidade de encontrar pessoas e ocupar espaços externos aos de casa que o programa reserva surpresas relacionadas aos locais das conversas, quando gravadas pessoalmente.“O público pode esperar se surpreender a cada dia. Ele não saberá se falarei de casa ou de qualquer outro lugar; onde estarei hoje, e eu acho isso muito divertido. Ele pode esperar o inesperado. A ideia de ir a locações e estar presencialmente em alguns lugares, quando é possível optar, é acrescentar mais uma camada de conhecimento ao programa”, declara Pedro Bial. 
 
O programa mantém a essência de ser um espaço plural e democrático, em que as mais diversas personalidades são bem-vindas para exporem suas ideias. Na temporada passada, Pedro Bial recebeu desde nomes de diferentes vertentes políticas, como João Dória, Fernando Haddad, Sergio Moro, e outros, a referências da cultura nacional, clássicas e contemporâneas, como Marilia Mendonça, Gal Costa, Marisa Monte, Leci Brandão, Jorge Aragão, Pabllo Vittar, passando por nomes de destaque internacionais como Michal Bublé,  Bon Jovi,  Cat Stevens e Isabel Allende. 
 
“Espero que a gente consiga fazer ainda melhor o que a gente já conseguiu fazer bem. Que a gente possa buscar novos caminhos, crescer, aperfeiçoar, tudo sem perder a essência de nossa emoção, do desejo de identificação, empatia, inspiração para o público, e que todos nós compartilhemos desse prazer que eu sinto quando eu conheço ou encontro outra pessoa. Nossa proposta é uma conversa leve, mas ao mesmo tempo profunda; que é séria, mas tem humor. Continuaremos com a nossa loucura pela música e cultura brasileira, e pelo enaltecimento dos nossos melhores valores, como o caráter nacional”, ressalta o apresentador.
 
Com direção artística de Monica Almeida, o ‘Conversa com Bial’ vai ao ar na TV Globo de segunda a sexta, após o ‘Jornal da Globo’. O programa também é exibido no canal internacional da Globo e em simulcast no Globoplay. As entrevistas também podem ser acompanhadas no podcast ‘Conversa com Bial’, disponível no Globoplay ou em qualquer plataforma de áudio.

Postar um comentário

0 Comentários

Ad Code