Série Estádios Históricos visita Brinco de Ouro da Princesa

Divulgação TV Brasil

Neste domingo (16), a TV Brasil leva ao ar mais um episódio inédito do seriado documental Estádios Históricos, às 18h30. Em Campinas, interior de São Paulo, o programa desembarca no Brinco de Ouro da Princesa, maior estádio da cidade, sede esportiva do Guarani Futebol Clube.

Em maio de 1953, foi inaugurado o campo que ainda hoje é um dos mais belos, completos e seguros estádios particulares do país. Na ocasião, o Guarani venceu o Palmeiras por 3 a 1.

O Brinco de Ouro foi palco de partidas memoráveis, inclusive de diversas decisões de campeonatos. A Seleção Brasileira pisou em seu gramado duas vezes em 1966, quando realizou jogos-treino durante a preparação para a Copa do Mundo daquele ano na Inglaterra.

Outra disputa da Seleção Brasileira no Brinco de Ouro aconteceu em 1990, quando venceu a Bulgária por 2 a 1, registrando o segundo maior público do estádio: 51.720 pagantes. O recorde foi estabelecido em abril de 1982, com 52.002 pessoas, no jogo Guarani 2 x 3 Flamengo, pela semifinal do Campeonato Brasileiro.

Pelos atuais critérios de dimensionamento de público nos estádios, essas marcas não podem mais ser batidas. Hoje a capacidade de público do Brinco de Ouro da Princesa é de 29 mil pagantes.

Sobre o Guarani Futebol Clube

Fundado em 1911, o nome do Guarani Futebol Clube é uma homenagem à obra-prima do compositor Carlos Gomes, Il Guarany. Conhecido popularmente como "Bugre" devido ao seu mascote, tem como maior rival a Ponte Preta. A partida entre as duas equipes é conhecida como Dérbi Campineiro e esta rivalidade é tida como a maior entre clubes do interior do Brasil.

Uma das mais tradicionais agremiações do interior de São Paulo, o Guarani conquistou, ao todo, 13 títulos campineiros entre as décadas de 1910 e 1950. No entanto, o clube viveria seus momentos de glória entre a segunda metade da década de 1970 e ao longo da década de 1980.

A maior conquista do time no futebol é o Campeonato Brasileiro de 1978, quando a competição ainda se chamava Taça Brasil. Até aquela data, o único campeão nacional não pertencente a uma capital era o Santos, equipe do litoral de São Paulo.

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Formulário de contato