Header Ads

A&E - Destaques da programação de 19 a 25 de Junho


Destaques da programação A&E. (Imagem/Divulgação)
Conheça os destaques da programação do canal A&E de 19 a 25 de Junho. O canal estreia o especial Crianças Que Matam (21/6), a série nacional Preamar (23/6) e o longa Triplo X, na faixa A&E Movies.

O canal exibe também episódios inéditos de Barrados na Fronteira: Estados Unidos, As Filhas da Poligamia, Casos Arquivados, BULL e NCIS: Los Angeles (o último episódio com a participação do ator Miguel Ferrer, falecido em janeiro deste ano).

19/6, segunda-feira, 20h50

Histórias esquisitas e atitudes suspeitas intrigam os oficiais, nos episódios inéditos de Barrados na Fronteira: Estados Unidos

Criado a partir do sucesso da série Barrados na Fronteira, que mostra o cotidiano dos agentes canadenses, Barrados na Fronteira: Estados Unidos (Border Security: America’s Frontline) acompanha de perto o trabalho de oficiais da Aduana e de Proteção da Fronteira dos Estados Unidos enquanto inspecionam as cargas e viajantes que tentam entrar no país, seja por terra, ar ou mar.

Esses agentes de imigração têm a árdua tarefa de identificar diariamente viajantes ilegais, armas e contrabando. Para eles, a rotina entediante simplesmente não existe.

No primeiro inédito de hoje, em Michigan, um arquiteto canadense deixa perguntas sem respostas e os funcionários da alfândega duvidam de sua história. O que ele esconde?

Em seguida, em Detroit, uma mãe tenta acobertar as atividades de seu filho. No entanto, sua atitude levanta ainda mais suspeitas entre os oficiais.

20/6, terça-feira, 20h

Esta semana, em As Filhas da Poligamia, irmãs têm a missão impossível de resgatar a filha de um famoso profeta

Algumas pessoas nascem em uma cultura de poligamia e se veem sem opção de abdicar desse tipo de vida. A única alternativa acaba sendo fugir da família. É o que mostra o A&E na série documental As Filhas da Poligamia (Escaping Polygamy), que revela o mundo da poligamia por meio de três mulheres que decidiram escapar de uma das maiores seitas dessa prática dos Estados Unidos, conhecida como Clã Kingston.

Dez anos após a fuga, elas se propõem a ajudar outros jovens, mulheres e meninos, a se libertarem dos abusos desse estilo de vida em que também se propaga a doutrina do incesto e casamento entre parentes. Em cada episódio, de uma hora de duração, três irmãs ajudam amigos e estranhos que se encontram em várias etapas para abandonar a poligamia – alguns somente reconhecem a necessidade de sair, outros buscam ativamente uma fuga e muitos lutam para se adaptar às duras realidades desse mundo.

As três jovens irmãs, Jessica, Shanell e Andrea abandonaram valentemente o Clã Kingston, um dos grupos fundamentalistas mais fortes dentro do mundo da poligamia, localizado em Salt Lake City, Utah, e que soma mais de 200 meio-irmãos frutos desse tipo de relacionamento. O grupo, também conhecido como A Ordem, é atualmente liderado pelo próprio pai das irmãs, Daniel Kingston, que ostenta várias esposas.

No episódio inédito Cruzando as linhas inimigas – Parte 1, Rachel é a filha de um conhecido profeta, Warren Jeff, e precisa da ajuda de Jessica e Amanda para libertar a sua irmã caçula de uma remota instalação. Em uma missão impossível, as garotas ajudarão Rachel a se infiltrar para resgatar o que resta de sua família.

20/6, terça-feira, 23h15

Nova pista ajuda a identificar o verdadeiro culpado de crime ocorrido há 27 anos, em Casos Arquivados

O A&E traz de volta a série indicada ao Emmy, Casos Arquivados (Cold Case Files). Com uma nova roupagem e um novo olhar, apresenta casos que ficaram arquivados durante anos e mostra os esforços de detetives para solucionar esses crimes.

Existem mais de 120 mil casos arquivados nos Estados Unidos e somente 1% terá alguma solução. Em Casos Arquivados, série criada em 1998, detetives revivem os eventos dos crimes e revelam novas reviravoltas e informações surpreendentes, oferecendo à audiência uma imersão completa nesses casos trágicos. E, com o apoio de tecnologia forense avançada e influência das mídias sociais, trabalham em busca da solução desses casos, tão aguardada por familiares e amigos das vítimas.

Cada um dos dez episódios dos novos Casos Arquivados abordará um crime que ficou sem solução durante anos, e que será apresentado por meio de dramatizações e depoimentos em primeira pessoa dos detetives e entes queridos envolvidos em experiências comoventes. 

No inédito Ela nunca voltou para casa, uma detetive novata descobre uma pista sobre um terrível assassinato sem solução que ocorreu há 27 anos. Agora ela deverá convencer a todos de que o assassino é uma pessoa de quem ninguém nunca suspeitou.

ESTREIA - 21/6, quarta-feira, 22h20

Especial inédito Crianças Que Matam apresenta a realidade de menores que cometem assassinatos

O que acontece quando um menor de idade comete um assassinato? O especial inglês de duas horas de duração que o A&E estreia nesta quarta, Crianças Que Matam (Kids Who Kill), mergulha nas mentes de jovens assassinos e conta as intensas histórias de vida dos menores criminosos e de suas vítimas, com acesso exclusivo às famílias envolvidas.

As histórias reais e emocionais entram fundo em momentos trágicos de violência e mostram os efeitos negativos sobre as famílias das vítimas e sobre os próprios assassinos. Entrevistas profundas com os advogados de defesa e acusação de cada um dos casos, bem como com especialistas em psicologia infantil, levantam um debate sobre punição versus reabilitação, e as competências da mente adolescente.

22/6, quinta-feira, 23h15

No inédito de BULL, Dr. Jason Bull defende empresa acusada de matar funcionário com carro auto-dirigível

Brilhante, impulsivo e encantador, Dr. Bull é um psicólogo e mestre manipulador supremo, combinando como ninguém a psicologia, a intuição humana e os dados da mais alta tecnologia para chegar ao fundo da mente dos jurados, advogados, testemunhas e acusados em cada um dos casos em que atua. Esse é o mote da série BULL, protagonizada por Michael Weatherly (NCIS) como Dr. Jason Bull, atração exclusiva do A&E.

BULL é inspirada no começo de carreira do doutor, escritor best-seller e apresentador de TV Dr. Phil McGraw (que se tornou conhecido ao participar do programa de Oprah Winfrey a ponto de conquistar o seu próprio programa de TV), fundador de uma das empresas mais bem-sucedidas de assessoria e preparação jurídica.

Em sua empresa Trial Analysis Corporation, Bull conta com uma equipe notável de especialistas que o ajudam na tarefa de dar forma, até o último detalhe, às narrativas de seus clientes submetidos a julgamentos. São eles: seu engenhoso ex-cunhado Benny Colón, interpretado por Freddy Rodríguez (The Night Shift, Six Feet Under, Ugly Betty), um advogado que atua como defensor nos julgamentos simulados pela própria empresa; Marissa Morgan, protagonizada por Geneva Carr (Law and Order: Criminal Intent), uma especialista em neolinguística do Departamento de Segurança Nacional; a ex-detetive do Departamento de Polícia de Nova York Danny James, interpretada por Jaime Lee Kirchner (Necessary Roughness, Mercy), uma investigadora dura e altamente confiável; a hacker Cable McCrory, protagonizada por Annabelle Attanasio (The Knick), uma millenial arrogante, encarregada de coletar toda a informação cibernética possível; e Chuck Palmer, interpretado por Chris Jackson (Oz, The Good Wife, Moana), um estilista e ex-jogador de futebol americano, a cargo de tudo relacionado com o aspecto visual e estético dos clientes no momento do julgamento.

Deste modo, enfrentando julgamentos de alto risco, com todas as probabilidades contra, a fórmula BULL – um notável conhecimento da natureza humana, três PhDs e uma equipe de primeira classe – gera as estratégias vencedoras para inclinar a balança em benefício de seus clientes.

Em E.J., quando Bull ajuda a CEO Ginny Bretton, cuja empresa é acusada de matar um funcionário com seu carro autodirigível, ele descobre que sua cliente está guardando um grande segredo que pode atrapalhar a vitória no tribunal.

ESTREIA - 23/6, sexta-feira, 23h15

A&E estreia a produção nacional Preamar, sobre empresário que perde tudo e precisa recomeçar

O A&E estreia hoje a série nacional Preamar, produzida pela Pindorama Filmes em parceria com a HBO Latin America. A produção acompanha João Ricardo Velasco, um rico e bem-sucedido empresário, que faz uma aposta errada no mercado financeiro e perde tudo, com exceção de um apartamento na Vieira Souto, em Ipanema. Em busca de novos meios para ganhar dinheiro, descobre o mercado informal das praias do Rio de Janeiro.

Sem revelar nada sobre a situação à família, João Ricardo (Leonardo Franco) começa a atuar no mercado informal da praia, que segue regras próprias. Em pouco tempo, torna-se sócio do mandachuva de Ipanema, e dono de barracas, Xerife (Roberto Bomfim). Em 13 episódios de 50 minutos de duração, e recheada de belas imagens, Preamar mistura drama e comédia para oferecer um retrato social das praias cariocas como nunca se viu.

Também no elenco, Paloma Riani (Isabel), Hugo Bonemer (Fred), Jessika Alves (Manu), Rui Rezende (Nonato), Karen Junqueira (Paula), Laura Prado (Pri), Igor Cosso (Gustavo), Eliana Pittman (Da Guia), Sóstenes Vidal (Biu), Mumuzinho (Wallace), Allan Souza (Rai), Sandro Rocha (Tchelo) e Thiago Amaral (Pepete), entre outros. Exibida pelo HBO em 2012, a série foi criada por Estevão Ciavatta, Patrícia Andrade e William Vorhees, e tem direção de Estevão Ciavatta, Anna Muylaert, Marcus Baldini, Mini Kerti, Márcia Faria e Lao de Andrade. O nome Preamar também significa maré alta.

No episódio de estreia, O mergulho, o mundo do bem-sucedido investidor João Ricardo Velasco (Leonardo Franco) ruiu. Ele acaba de ser demitido depois de fazer um mau investimento na bolsa de valores que terminou em catástrofe no banco onde trabalhava. Escondendo o fato da família, Velasco diz que vai tirar um ano sabático. Pela manhã, ao sair para caminhar na praia, completamente desanimado, começa a observar o vaivém dos vendedores e tem um insight: sua retomada financeira pode estar ali, bem debaixo dos seus olhos, com os negócios da orla.

24/6, sábado, 22h30

Episódio deste sábado de NCIS: Los Angeles é o último com a participação do ator Miguel Ferrer, morto em janeiro de 2017

Nos novos episódios da oitava temporada de NCIS: Los Angeles, os agentes especiais Chris O’Donnell e LL Cool J seguem em sua tarefa arriscada de capturar os criminosos mais perigosos de Los Angeles. Esta temporada é a última com a participação do ator Miguel Ferrer, que trouxe para a tela por muitos anos o personagem de Owen Granger, após sua morte inesperada em janeiro deste ano.

NCIS: Los Angeles é uma série dramática que mostra em detalhes os riscos assumidos por uma divisão de NCIS encarregada de prender criminosos perigosos e fugitivos, que representam uma ameaça para a segurança da nação. Ao assumir identidades falsas e utilizar a tecnologia mais avançada, essa equipe de agentes altamente capacitados trabalha de forma secreta, colocando suas vidas na linha de fogo para alcançar seus objetivos. O agente especial “G” Callen (Chris O’Donnell) é um camaleão que se transforma em quem for preciso para se infiltrar no mundo do crime. Seu companheiro é o agente especial Sam Hanna (LL Cool J), ex-oficial da Marinha dos EUA e que lutou no Afeganistão e no Iraque.

A equipe tem a ajuda de Henrietta “Hetty” Lange (Linda Hunt), encarregada de supervisionar o pessoal e fornecer-lhes todas as ferramentas necessárias, desde as câmeras de micro-vigilância até os veículos. A agente especial Kensi Blye (Daniela Ruah) é a brilhante filha de um oficial assassinado, e que vive para a adrenalina do trabalho secreto. Marty Deeks (Eric Christian Olsen) é um detetive secreto experiente da polícia de Los Angeles, que foi recrutado por Hetty para a equipe. Armada com os mais avançados equipamentos de alta tecnologia e enviada regularmente a situações de perigo. Essa forte unidade se apoia entre si para fazer o necessário para proteger os interesses nacionais.

No episódio inédito Velhos truques, o último com a participação do ator Miguel Ferrer (morto em janeiro deste ano), no papel de Owen Granger, a equipe da NCIS deve capturar um casal de golpistas que ganha a vida enganando idosos em casas de repouso. Enquanto isso, Callen deve lidar com as atividades ilegais de seu pai, que estão colocando em perigo toda a sua família.

ESTREIA - 25/6, domingo, 19h30

Faixa A&E Movies estreia o sucesso de ação Triplo X, com Vin Diesel e Samuel L. Jackson

Neste domingo, o A&E estreia o longa Triplo X, sucesso de ação e aventura, estrelado por Vin Diesel. Na trama, Xander Cage (Diesel) é um viciado em adrenalina e esportes radicais, sem medo de nada e com péssimo comportamento.

Após inúmeros encontros com a lei, seu mundo está para tomar um rumo ainda mais extremo: Xander está prestes a receber a mais desafiadora proposta ao ser contatado por Augustus Gibbons (Samuel L. Jackson), um agente veterano da Agência Nacional de Segurança, para uma missão especial contra o crime.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Imagens de tema por Ollustrator. Tecnologia do Blogger.