Canal Brasil - Filmes em destaque na programação de 09 a 15 de abril - O Universo da TV

Breaking

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 7 de abril de 2018

Canal Brasil - Filmes em destaque na programação de 09 a 15 de abril


Filmes em destaques da programação. (Imagem: Divulgação)
Conheça os filmes que estão em destaque na programação do Canal Brasil de 09 a 15 de abril.

É Tudo Verdade: Cora Coralina – Todas As Vidas (2017)(73’)
Horário: SEGUNDA, DIA 09, ÀS 22H
Inédito e Exclusivo
Apresentação: Amir Labaki
Direção: Renato Barbieri
Classificação: Livre

Sinopse: Cora Carolina lançou seu primeiro livro aos 75 anos de idade. Mesmo com uma obra extensa desconhecida pelo público durante tanto tempo, a poetisa foi capaz de encantar milhões de brasileiros com versos profundos sobre o cotidiano dos becos e ruas de Goiás, seu estado natal. Inspirado por Raízes de Aninha, obra com as primeiras poesias da autora, textos inéditos, depoimentos de familiares e acervo fotográfico, o cineasta Renato Barbieri construiu uma narrativa que caminha entre a ficção e o documentário resgatando momentos raros da biografia da escritora dramatizados e narrados pelas atrizes Camila Márdila, Walderez de Barros, Teresa Seiblitz, Zezé Motta, Beth Goulart e Maju Souza.

O documentário denota as muitas personalidades de Cora Coralina, como sugere o título da obra de Renato Barbieri. A protagonista é apresentada como mãe, doceira e esposa além de sua alcunha mais famosa, a de poeta. Falecida em 1985, a escritora concede seus depoimentos a partir de imagens de acervo com entrevistas antigas e trechos de seus escritos narrados pelas atrizes. Os versos declamados pelas intérpretes, muitos de cunho pessoal, confessional e autobiográfico, também ganham dramatizações de épico subjetivismo e intensidade típica do tom da autora. Especialistas na obra de Cora dissertam sobre sua forma de escrever, a evolução de seus trabalhos ao longo dos anos e a grandeza de seu legado enquanto amigos trazem detalhes mais íntimos sobre a convivência ao lado dela.

Seleção Brasileira: A Busca (2017)(97’)
Horário: TERÇA, DIA 10, ÀS 22H
Estreia
Direção: Luciano Moura
Classificação: 12 anos

Sinopse: Luciano Moura encontrou inspiração nos dilemas relacionados à própria paternidade para assinar seu primeiro roteiro de longa-metragem, escrito em parceria com Elena Soarez . A incursão inicial do cineasta na sétima arte traz um drama familiar de estilo road movie pelas estradas do interior de São Paulo com intensas tonalidades de thriller para narrar a busca desesperada de um homem pelo paradeiro do filho adolescente fugido de casa após uma briga com os pais.

Theo (Wagner Moura) e Branca (Mariana Lima) passam por uma grave crise no relacionamento e relutam contra um iminente processo de divórcio. A separação dos pais é responsável pelo comportamento arisco e agressivo de Pedro (Brás Antunes), um adolescente de 14 anos revoltado com a situação familiar. Uma nova briga entre os protagonistas leva o rapaz a tomar uma medida extrema e, desesperado, ele foge de casa dizendo que iria passar o fim de semana com um colega de turma. O sumiço do jovem insere marido e mulher em uma angustiante saga de poucas pistas sobre o paradeiro do garoto.

Órfãos do Eldorado (2015)(96’)
Horário: QUARTA, DIA 11, ÀS 22H
Direção: Guilherme Cezar Coelho
Classificação: 16 anos

Sinopse: Primeiro longa de ficção do premiado documentarias Guilherme Cezar Coelho, “Órfãos do Eudorado” é uma adaptação para o cinema do romance homônimo de Milton Hatoum. Drama humano, fantasia e crítica social se misturam na produção que tem Dira Paes, Mariana Rios e Daniel de Oliveira no elenco principal.

Depois de um período longe, Arminto (Daniel de Oliveira) volta para sua cidade-natal no Pará com a missão de assumir os negócios do pai. Ele reencontra Florita (Dira Paes), empregada que mora na casa da família com quem teve suas primeiras experiências sexuais e, ao que tudo indica, também era concubina do chefe da família. O retorno de Arminto às origens o força a repensar conflitos dormentes. Desde a infância, ele tem um sonho recorrente com uma índia que entra nua no rio. Já adulto, a imagem da indígena se transforma em outra mulher (Mariana Rios) que tem semelhanças físicas com Florita, por quem ele começa a nutrir uma obsessão.

Órfãos do Eldorado (2015)(96’)
Horário: QUARTA, DIA 11, ÀS 22H
Direção: Guilherme Cezar Coelho
Classificação: 16 anos

Sinopse: Primeiro longa de ficção do premiado documentarias Guilherme Cezar Coelho, “Órfãos do Eudorado” é uma adaptação para o cinema do romance homônimo de Milton Hatoum. Drama humano, fantasia e crítica social se misturam na produção que tem Dira Paes, Mariana Rios e Daniel de Oliveira no elenco principal.

Depois de um período longe, Arminto (Daniel de Oliveira) volta para sua cidade-natal no Pará com a missão de assumir os negócios do pai. Ele reencontra Florita (Dira Paes), empregada que mora na casa da família com quem teve suas primeiras experiências sexuais e, ao que tudo indica, também era concubina do chefe da família. O retorno de Arminto às origens o força a repensar conflitos dormentes. Desde a infância, ele tem um sonho recorrente com uma índia que entra nua no rio. Já adulto, a imagem da indígena se transforma em outra mulher (Mariana Rios) que tem semelhanças físicas com Florita, por quem ele começa a nutrir uma obsessão.

Achados e Perdidos (2006)(100’)
Horário: QUINTA, DIA 12, ÀS 22H
Direção: José Joffily
Classificação: 16 anos

Sinopse: Vieira (Antônio Fagundes) é um delegado aposentado que tem um caso com a prostituta Magali (Zezé Polessa). Quando ela é encontrada morta em sua casa, amarrada nua à cama e com um saco de plástico na cabeça, Vieira é considerado como o principal suspeito do crime. O próprio Vieira não sabe se cometeu o assassinato, já que no dia anterior estava embriagado e não se lembra do que aconteceu. Em meio às suspeitas, Vieira se envolve com Flor (Juliana Knust), uma jovem prostituta que era muito amiga de Magali, e passa a ser chantageado por um velho companheiro da polícia que agora é político.

Cinemão: Os Normais (2003)(90’)
Horário: SEXTA, DIA 13, ÀS 22H
Direção: José Alvarenga Jr.
Classificação: 14 anos

Sinopse: Rui (Luiz Fernando Guimarães) e Vani (Fernanda Torres) estão prestes a se casar. Ele com Martha (Marisa Orth) e ela com Sérgio (Evandro Mesquita). As duas cerimônias estão marcadas para a mesma igreja, uma às 18 hs e outra às 20 hs. É lá que Vani e Rui se conhecem, quando ela lhe pede um pouco de arroz para comemorar o casamento que está para ocorrer.

Ninguém ama ninguém… Por mais de dois anos (2015)(86’)
Horário: SÁBADO, DIA 14, ÀS 22H
Direção: Clovis Mello
Classificação: 16 anos

Sinopse: O longa, inspirado em cinco contos de “A Vida Como Ela É”, de Nelson Rodrigues, acompanha paralelamente a vida de cinco casais no Brasil no início dos anos 60. Se dentro da sociedade, são considerados convencionais, na vida íntima, as insatisfações e os desejos fogem um pouco do moralismo.

2 Filhos de Francisco (2005) (132’)
Horário: SÁBADO, DIA 07, ÀS 22H
Direção: Breno Silveira
Classificação: 14 anos

Sinopse: Cinebiografia dos irmãos Mirosmar José e Emival, que fizeram sucesso e fortuna na música com os nomes de Zezé di Camargo e Luciano. A história percorre a vida dos jovens e humildes rapazes da interiorana Pirinópolis (Góias) que, com o esforço do pai Francisco, tornaram-se campeões de venda e ícones do estilo sertanejo moderno.

Francisco Camargo (Ângelo Antônio) é um lavrador que quer transformar dois de seus nove filhos em uma dupla sertaneja. Ele inicialmente deposita sua esperança no mais velho, Mirosmar (Dablio Moreira) e em Emival (Marco Henrique), que se apresentam com sucesso nas festas da vila onde moram e passam a viajar acompanhados pelo empresário de duplas caipiras Miranda (José Dumont). Mas um acidente encerra prematuramente a carreira da dupla. Após quase desistir da carreira artística, Mirosmar decide voltar a cantar, agora usando o nome artístico de Zezé di Camargo (Márcio Kieling). Ele grava um disco solo, mas não obtém sucesso. Já casado e com duas filhas pequenas, Zezé tem dificuldades em sustentar a família e o máximo que consegue é que outras duplas cantem composições suas. É quando ele encontra em seu irmão Welson (Thiago Mendonça), que passa a usar o nome artístico de Luciano, o parceiro ideal para levar adiante sua carreira musical.

Cone Sul: Los Nadies (2014)(96’)
Horário: DOMINGO, DIA 15, ÀS 22H
Direção: Néstor Sánchez Sotelo
Classificação: 14 anos

Sinopse: Eduardo Galeano escreveu o poema Los Nadies como parte de El Libro de los Abrazos, publicação com reflexões do autor sobre temas diversos. O texto menciona um povo sem qualquer importância e dignidade, “que não vale nem a bala que os mata”, segundo suas palavras. O trabalho do intelectual uruguaio tinha como foco frequente a América do Sul, e não por acaso seus versos encontraram eco em um lixão nos arredores de San Juan, cidade às margens da faixa argentina da Cordilheira dos Andes. O diretor Néstor Sánchez Sotelo uniu essas duas fontes de inspiração para voltar aos cinemas – ele estava afastado das telas há mais de uma década, desde o lançamento de Testigos Ocultos (2001). No elenco, Guadalupe Docampo, Guillermo Pfening e Gustavo Garzón.

A bela paisagem das montanhas argentinas esconde um grande lixão a céu aberto. Nos vales rochosos das cordilheiras, centenas de pessoas dividem seus lares com toneladas de detritos, em condições extremamente precárias de sobrevivência. A ganância política de Gervás (Gustavo Garzón), funcionário do alto escalão do estado, pode retirar as casas e desalojar os moradores. A incumbência de relatar a situação real dessas pessoas é de Natalia (Guadalupe Docampo), uma jovem e inexperiente assistente social do governo provincial.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Post Bottom Ad