Home Top Ad

13 títulos exibidos no Festival de Brasília poderão ser assistidos no Canal Brasil em breve

Share:

Divulgação Canal Brasil
Começou na sexta, dia 22/11, o 52º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro e, este ano, o Canal Brasil tem nove coproduções exibidas – incluindo “O Traidor”, de Marco Bellocchio, filme escolhido para abrir o evento. O canal tem também, até o momento, quatro licenciamentos fechados e mais seis em negociação. Hoje, portanto, 13 filmes apresentados em Brasília poderão ser assistidos no Canal Brasil em breve.

Além do filme de abertura do festival, outras oito coproduções serão exibidas em Brasília. São elas: “Giocondo Dias – Ilustre clandestino”, de Vladimir Carvalho, filme que encerra o festival; “Boca de Ouro”, de Daniel Filho, em sessão Hors-Concours; “José Aparecido de Oliveira”, de Mário Lúcio Brandão Filho e Gustavo Brandão, em sessão especial; “Piedade”, de Claudio Assis, que faz parte da mostra competitiva; “Soldados da Borracha”, de Wolney Oliveira, na mostra Território Brasil; “Família de Axé”, de Tetê Moraes; e “Cine Marrocos”, de Ricardo Calil, na mostra Vozes; e “Nazinha”, de Belisario Franca, na Futuro Brasil.  

Já os filmes “Loop”, de Bruno Bini, que participa da mostra competitiva; “Fakir”, de Helena Ignez; e “Niède”, de Tiago Tambelli, na Território Brasil; e “Música para Morrer de Amor”, de Rafael Gomes; na mostra Novos Realizadores, estão com licenciamento fechado e poderão ser assistidos, em breve, no Canal Brasil.    

O Canal Brasil preparou ainda uma grande cobertura para todos os dias do evento na capital federal. O canal vai gerar conteúdo exclusivo para todas suas redes sociais, entre realização de entrevistas com diretores e elencos, gravação de podcasts com personalidades do cinema brasileiro, a produção de uma série jornalística para o IGTV, do Instagram, e muita interação em tempo real. O Cinejornal terá edições diárias mostrando tudo que acontece nos bastidores da mostra brasiliense.