Home Top Ad

Mateus Solano participa do Sem Censura desta quarta na TV Brasil

Share:

Divulgação TV Brasil
O programa Sem Censura Especial Coronavirus recebe o ator Mateus Solano para um bate-papo, via Skype, com o apresentador Bruno Barros nesta quarta (17), ao vivo, às 14h, na TV Brasil. O artista fala sobre a iniciativa do movimento SanitaRio e conta o que está fazendo durante a pandemia.

Ambientalista, o convidado reflete sobre a importância de se discutir, apresentar soluções e exigir ações efetivas sobre o saneamento básico. Mateus Solano explica porque é preciso cobrar que o poder público municipal resolva os problemas que envolvem água e esgoto no Rio de Janeiro.

Ele conta que a iniciativa foi concebida a partir de uma live realizada em 13 de maio sobre os entraves do saneamento na capital. Mateus Solano explica que o movimento recebeu diversas manifestações de cariocas sobre os desafios dessa situação na Cidade Maravilhosa.

Embaixador da ONU Brasil para a campanha Mares Limpos, o ator é engajado nas causas socioambientais.

Mateus Solano aborda alguns aspectos do assunto que precisam ser esclarecidos. Ele destaca temas como a legislação, os modelos de negócio, a política tarifária e a insegurança hídrica em quantidade e qualidade.

Segundo Mateus Solano, o saneamento é um direito básico de todos que ao ser negligenciado, afeta a saúde da população e prejudica a qualidade dos mares e oceanos. Para o ativista, tudo está interligado e é interdependente. Por isso, acredita que cuidar dos recursos naturais é cuidar da própria humanidade.

Mateus Solano também comenta sobre a importância da mudança de mentalidade das pessoas nesse momento de distanciamento. O artista explica o que tem feito durante a pandemia do novo coronavírus e como encara a Covid-19. Ele destaca ainda como se sente em relação ao isolamento social.

Carreira artística

Com uma trajetória artística de sucesso na televisão, no cinema e no teatro, Mateus Solano obteve reconhecimento público a partir de 2009 com diversos personagens marcantes em produções de dramaturgia para as telinhas.

O primeiro papel de maior destaque foi ao interpretar Ronaldo Bôscoli, na minisserie "Maysa - Quando Fala o Coração", em 2009, mesmo ano em que viveu os gêmeos idênticos Miguel e Jorge, na novela "Viver a Vida".

Mateus Solano fez o político Mundinho Falcão no remake do sucesso "Gabriela", em 2012. No ano seguinte, o ator representou um dos personagens mais queridos do público: o antagonista Félix Khoury, na novela "Amor à Vida". Desde 2015, ele dá vida a Zé Bonitinho na nova versão do humorístico Escolinha do Professor.


Nenhum comentário

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.