GloboNews libera o ranking dos 40 canais mais vistos da TV paga em maio; Confira!

Reprodução/Internet

Após alguns meses sendo derrotada pelo canal Viva e suas reprises de novelas, o canal GloboNews voltou a liderar a audiência nacional da TV paga em maio.

Dados obtidos pelo jornalista Ricardo Feltrin do UOL, mensurados pela empresa Kantar Ibope Media, mostram o ranking dos canais mais vistos da TV paga no mês de maio. O serviço de TV paga que vem "sangrando" e já perdeu cerca de seis milhões de assinantes nos últimos sete anos. Desde o final de 2014 não houve um único mês em que essa mídia não tenha perdido base de assinantes.

Só de dezembro de 2020 a maio de 2021 já foram quase 650 mil pagantes a menos. No mês passado foram quase 160 mil.

O jornalista destaca os motivos que podem estar levando o serviço de TV paga perder tantos assinates no decorrer dos últimos anos. Os motivos são: desemprego e crise econômica, pirataria, concorrência do streaming, pacotes caros, programação das TVs péssima e atendimento ao assinante pelas operadoras pior ainda.

Apesar disso, ele ainda destaca que o serviço ainda é importantíssimo para o anunciante e o mercado, pois seu público (consumidores) — ainda que em queda — é mais qualificado (socioeconomicamente) que o da TV aberta, por exemplo.

Confira abaixo o ranking de maio dos canais mais vistos na TV paga.

Cada ponto nessa medição vale por cerca de 100 mil residências nas 15 maiores regiões metropolitanas do país, cada uma com um pouco menos que 3 telespectadores (essa metodologia se baseia em dados anuais do IBGE).

Como podem notar, o ibope mais alto é de cerca de 0,25. Ou seja, um quarto de um ponto de ibope (25 mil domicílios sintonizados).

Mesmo assim, notem, caros leitores, que o share (participação de cada canal no universo de TVs ligadas) da GloboNews (que é uma TV paga) é metade do que uma emissora comercial e aberta como RedeTV consegue.

Ibope e share (%) nas 24 horas do dia dos 40 canais mais vistos

1 - GloboNews: 0,25 e 0,69% de share
2 - Viva: 0,23 e 0.63%
3 - Discovery Kids: 0,165 e 0,45%
4 - Universal TV: 0,15 e 0,41%
5 - SporTV: 0,15 e 0,41%
6 - AXN: 0,44 e 0,39%
7 - Cartoon Network: 0,14 e 0,38%
8 - Gloob: 0,14 e 0,38%
9 - Fox Sports: 0,13 e 0,37%
10 - Discovery Channel: 0,13 e 0,37%
11 - Megapix: 0,12 e 0,32%
12 - TNT: 0,11 e 0,30%
13 - Multishow: 0,10 e 0,29%
14 - Home & Health: 0,10 e 0,27%
15 - CNN Brasil: 0,08 e 0,22%
16 - TLC: 0,08 e 0,21%
17 - Space: 0,07 e 0,20%
18 - ESPN Brasil: 0,07 e 0,20%
19 - TNT Séries: 0,07 e 0,19%
20 - Star Channel: 0,07 e 0,19%
21 - GNT: 0,06 e 0,17%
22 - Discovery ID: 0,06 e 0,17%
23 - Warner: 0,06 e 0,16%
24 - Telecine Action: 0,06 e 0,15%
25 - Nickelodeon: 0,06 e 0,15%
26 - Animal Planet: 0,05 e 0,15%
27 - Telecine Pipoca: 0,05 e 0,14%
28 - Cinemax: 0,05 e 0,14%
29 - Boomerang: 0,05 e 0,14%
30 - SporTV 2: 0,05 e 0,13%
31 - FX: 0,05 e 0,13%
32 - Comedy Central: 0,05 e 0,13%
33 - NatGeo: 0,05 e 0,13%
34 - Telecine Premium: 0,05 e 0,12%
35 - History: 0,04 e 0,12%
36 - Sony: 0,04 e 0,11%
37 - Nick Jr.: 0,04 e 0,11%
38- Canal Brasil: 0,04 e 0,11%
39 - BandNews: 0,04 e 0,10%
40 - Studio Universal: 0,04 e 0,10%
Anderson Ramos

Um site sobre TV paga com as principais noticias envolvendo o setor, e suas principais operadoras. Além das novidades dos canais e streamings! facebook twitter instagram

Postar um comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do O Universo da TV. OBS: Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Postagem Anterior Próxima Postagem